Pular para o conteúdo principal

RODOLFO NOGUEIRA CONQUISTA O MAIOR PRÊMIO DE PALEOARTE DO MUNDO

 

O paleoartista uberabense Rodolfo Nogueira faturou mais uma vez o maior Prêmio de Paleoarte do mundo - “Lanzendorf National Geographic Paleoart Prize”concedido pela “Society of Vertebrate Paleontology”, com aporte da National Geographic. 

Foto: @rodolfopaleoart

A premiação homenageia anualmente os melhores paleoartistas do mundo (profissional que desenha animais extintos). Este ano Rodolfo recebeu o prêmio na categoria “2D Illustration” pela obra publicada no Livro “O Brasil dos Dinossauros” - da Editora Marte. Intitulada “O Amanhecer de uma Nova Era”, a ilustração retrata o Pampadromaeus e Saturnalia no sul do Brasil há cerca de 230 milhões de anos quando surgiam os primeiros dinossauros do mundo. 

"A ciência muda o mundo, a área da ciência de maior apelo publico é sem dúvidas a paleontologia, e quem dá a cara literalmente à paleontologia é a paleoarte. Não existe outra forma de se ver o passado da Terra a não ser pela arte aplicada à paleontologia. Dessa forma enxergo uma grande responsabilidade sobre a paleontologia para ajudar a mudar o mundo através educação e ensino de ciencias. Quando lançamos mão das mais novas tecnologias e fazemos isso utilizando os melhores suportes artísticos conseguimos informar sobre o passado e ciência de forma mais atraente e eficaz", comentou o artista.

Anteriormente, conquistou a categoria “Scientific Illustration” em 2015 e a categoria “Animation” em 2018. "Para mim é um tricampeonato mundial! E sempre que reuniões de pessoas apontam para algo e dizem que aquilo é bom, isso aumenta a credibilidade. No caso de um concurso de arte científica como esse, ainda faz com que o trabalho seja divulgado para toda comunidade especializada no tema. Então temos espécies de dinossauros brasileiros, ilustrado por brasileiro decorrente da produção cientifica brasileira sendo divulgada para o mundo todo. Ouso dizer que é ajudar a consolidar a ciência brasileira no mapa do mundo. Ter isso através da minha arte, do meu olhar é o maior dos privilegios!", concluiu o orgulho premiado.

Siga o zebunarede também pelas redes sociais:

Facebook: zebunarede.com

Instagram: @zebunarede

Youtube: zebunarede

Twitter: @zebunarede

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon João Carlos Paranhos Nogueira  é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade.  Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquátic