Pular para o conteúdo principal

RESULTADO FANTÁSTCO DOS ATLETAS DA ADEFU NA BOCHA, NO ATLETISMO E DA FUNEL NA NATAÇÃO

 

No Campeonato Brasileiro Masculino de Bocha, os atletas José Carlos Chagas (classe BC1) e Leonardo Carone (classe BC4) da Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba - ADEFU, conquistaram a medalha de prata. 

O torneio realizado de 25 a 31 de outubro, em Joinville/SC, pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes - ANDE, reuniu 84 atletas de 16 estados, em quatro classes (BC1 a BC4). A dupla uberabense teve o apoio do técnico Nivaldo Vital e da estafe Paula Cristina. 

Léo e Zé Carlos, tiveram desempenhos semelhantes na campanha: seis vitórias e uma derrota cada.

Invicto na primeira fase, José Carlos ganhou de 10 a 1 nas oitavas de final; 7 a 0 nas quartas de final; e 6 a 1 na semifinal. Na decisão, André Barroso da ADD de Campo Grande/MS, levou a melhor, vencendo o duelo por 4 a 2.

Também invicto na primeira fase, Léo Carone venceu por 4 a 3 nas oitavas e por 9 a 2 nas quartas. Na semifinal, encarou o medalhista olímpico Marcelo dos Santos, e não se intimidou. Vencendo a disputa por 5 a 4 na prorrogação. Já na final, em duelo equilibrado, foi superado por Ivanildo Pereira, da APODEC de Caruaru/PE, por 3 x 2.

Essa foi a primeira competição oficial de abrangência nacional após o Jogos Paralimpicos de Tóquio, e sendo a primeira dividida por gênero no mundo. Agora, entre os dias 8 a 14 de novembro em Blumenau/SC, será a vez do feminino, com a participação da atleta da ADEFU, Ercileide Laurinda, na classe BC4. 

Léo no pódio da classe BC4 acompanhado do técnico Nivaldo Foto:@leocarone

Na fase regional do Meeting Paralímpico Loterias Caixa de Atletismo, promovida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro - CPB realizado no sábado (30), em Uberlândia. Contou com a participação de 12 atletas da ADEFU, com representantes no lançamento de dardo, lançamento de disco e arremesso de peso. Com o apoio dos estafes Higor Fiorine, Célio Tavares e Letícia Antunes. 

Uma campanha fantástica da delegação uberabense - que faturou dez ouros e oito pratas, além de três quartos lugares e um quinto. Destaque para Kenned Justino, da classe F56, que faturou dois ouros e o índice para a fase nacional com a marca de 33,9m no lançamento de dardo, e de 32,26m no lançamento de disco.

- Na F33, Walter conquistou ouro no lançamento de dardo e no peso.

- Na F34, Lucas foi ouro no lançamento de disco e 4º no lançamento de peso. Zé Maria foi prata no peso e no disco. E Rafael foi 4º no dardo e 5º no peso.

Na F37, Michelle ganhou prata no lançamento de disco e no peso. Erika ficou em 4º lugar no peso. 

Na F38, Eliane foi prata no lançamento de peso.

Na F52, Juan faturou ouro no lançamento de disco e no peso. André foi ouro no dardo e prata no disco. 

Na F55, Givanildo levou ouro no lançamento de dardo e prata no disco.

Na F56, além dos ouros de Kenned no dardo e no disco. Kathrein faturou o ouro no lançamento de disco e prata no peso. 

Kenned Justino foi um dos destaques da delegação da ADEFU. Foto: @k10kennedatletaparalimpico

Na fase regional do Meeting Paralímpico Loterias Caixa de Nataçãopromovida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro - CPB, o jovem atleta Israel Santos, da Equipe FUNEL - Fundação Municipal de Esporte e Lazer de Uberaba, conquistou dois ouros na competição realizada no dia 28 de outubro, em Belo Horizonte/MG.
 
O nadador da classe S11 representou a Sociedade dos Amigos do Deficiente Visual - Sadevi de Belo Horizonte. Com a marca de 6min31s, garantiu na prova dos 400m livre, vaga na fase nacional que será realizada em 2022. Nos 100m livre, fechou a disputa com o tempo de 1min19s, apenas um segundo abaixo do índice.

Siga o zebunarede também pelas redes sociais:

Facebook: zebunarede.com

Instagram: @zebunarede

Youtube: zebunarede

Twitter: @zebunarede

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon João Carlos Paranhos Nogueira  é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade.  Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquátic