Pular para o conteúdo principal

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

 

Por: André Montandon

Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX.

Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir:

- Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum?

Ysaac/K.Oliver - Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu e o mano k Oliver já apresentamos elas em algumas batalhas aqui da cidade e fora da cidade tbm.

E aí vendo que os manos se identificaram com o nosso som a gente teve a iniciativa de tá gravando um álbum e tá acrescentando mas alguns trampos então ele é um trabalho que ele teve início em 2019 se for olhar certinho a data mas se materializou no início desse ano de 2021 muita luta muita vontade de passar um rap de mensagem até mesmo porque alguns dos manos que a gente gostaria que ouvissem esse trampo infelizmente estão presos ou mortos então não tinha como a gente ficar parado a gente não tinha essa opção e ao mesmo tempo a gente tinha essa cobrança de colocar esse trampo na rua.

- E a gravação e produção dos videoclipes das 10 faixas? (Rolou até em Sampa hein!)

Ysaac/K.Oliver - Bom, a gravação e produção dos clipes graças a Deus a gente teve algumas parcerias que fizeram toda a diferença, a gente teve a parceria dos manos da Oasiv lá de São Paulo onde a gente foi lá pra Pedreira lá na quebrada do Sabotagem naqueles campinhos de terra lá. E foi uma vivência única, uma experiência que eu vou levar pra sempre comigo .

Graças a Deus os manos receberam a gente com coração aberto maior disposição para trabalhar .

A gente chegou lá na sexta-feira e voltamos no domingo, então foi muito trampo, muita correria, muito comprometimento da nossa parte e da parte dos manos de lá também. A gente conseguiu gravar 10 faixas nesses três dias e um videoclipe.

A gente enviou para eles da Nadeum os Beats de referência que a gente usou pra escrever o som aqui e eles produziram os 10 beats, quando a gente chegou lá para gravar, a gente já tava com a música no pente, então a gente teve o trabalho mesmo só de mapear os beats. Esses detalhes de acabamento, mas graças a Deus o trampo ficou lindo, ficou sincero, quem gosta de um rap de mensagem acredito que vai ser muito enriquecedor. Graças a Deus deu tudo certo de coletar as vozes lá e de coletar as imagens para o clip também.

E aí a gente voltou no domingo para cá para Uberaba. E deixamos lá os manos trabalhando tanto da Oasiv e quanto da Nadeum.

Quando a gente chegou em Uberaba, a gente apresentou esse trabalho pro Tristão que atualmente montou a produtora Cerberus e o mano bota fé demais na nossa caminhada, sabe que a gente é pelo certo, transparente com as coisas. Rapidamente ele vestiu a camisa também e aí a gente deu início a gravação dos outros clipes. Muito trampo, muito respeito, estamos muito felizes com o resultado.

- Como está a interação do público com o novo trabalho?

Ysaac/K.Oliver - Graças a Deus a interação com o público está bem forte. Por sermos do interior de Minas gerais sabemos que o rap enfrenta várias Barreiras aqui na nossa região. Mas temos  trutas, irmãos em todo o Brasil. E em alguns países diferentes também, então eu posso dizer com paz no coração que o objetivo foi alcançado.

É claro que por sermos artistas independentes a gente corre com as nossas próprias pernas, então assim que possível pretendemos impulsionar ainda mais este trabalho. Mas ele já está rodando em países como  Portugal, França e Inglaterra e em vários estados do Brasil.

Tanto dos manos que estão na rua, quanto dos manos que estão aguardando a liberdade, o público-alvo do nosso CD está sendo alcançado um degrau por dia e com muita fé. Mas graças a Deus, quem a gente gostaria que ouvisse o nosso trampo está ouvindo está entendendo a mensagem. Então só temos que agradecer a Deus.

- Como é seguir "Contrariando Estatisticas"?    

Ysaac/K.Oliver - Como é seguir contrariando estatísticas é muito bom faz bem para alma.

Graças a Deus, cada dia que passa a gente contraria ainda mais com o nosso trabalho, com os nossos planos. Enfim, com a nossa vida.

O sistema eles têm uma visão já formada por nós: pelo cabelo, pela tatuagem, pelo nosso CEP ou pelas passagens. Eles esperam que a gente se renda, que a gente vista uniforme da Suapi e apodreça naquele lugar. Daí a força motivadora pra gente seguir contrariando o sistema eu e o k.Oliver trabalhamos muito graças ao bom Deus. Consegui passar no vestibular da UFTM, Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Vou fazer o curso de história.

Eu e o mano k Oliver, a gente tá aqui na rua, não tá preso. Eu sou casado eu tenho um filho. O k.Oliver também já tem a esposa dele. Então a gente contraria as estatísticas é diariamente. E isso só estamos começando. Espero que todos consigam contrariar as suas estatísticas. Cada um tem as suas estatísticas a ser contrariadas .

Eu tenho certeza que toda pessoa que escuta o nosso trampo que gosta de um rap ela tem as estatísticas delas pra ser contrariadas. Ela é cercada por pessoas que desacreditam dela, que espera um pior lado delas, que esperam que ela vai ser uma pessoa sem futuro, sem planos e vazia.

E aí quando a pessoa passa num concurso, consegue um bom emprego ou cuida bem da sua família ….. isso incomoda as pessoas que torcem contra.

Contrariar as estatísticas é o nosso lema de vida.

Capa do Álbum "Contrariando Estatisticas". Foto: Divulgação 

- Se fosse para definir a importância do rap na vida de vocês em uma palavra, qual seria? 

Ysaac/K.Oliver - Se fosse para definir a importância do rap na vida de vocês em uma palavra qual seria essa…... é uma pergunta complicada porque é um objetivo muito grande, envolve muita coisa. Então é quase que impossível responder isso em uma palavra só.

Mas o rap na nossa vida. Ele é nossa força, tá no sangue, bate no peito, não tem outro caminho. Ou a gente veste a camisa e segue esse caminho contrariando as estatísticas ou agente se rende pro sistema e sai fazendo merda e perdendo a razão. Então se resume em uma segunda chance. O rap é a nossa segunda chance. Porque a nossa primeira chance o sistema tem tentado destruir. Então o rap é uma válvula de escape. É uma porta de emergência seria isso..

- Pra finalizar, mande um recado para a galera que nos acompanha e é fã do trabalho de vocês.

Ysaac/K.Oliver - Eu quero deixar um salve para todo guerreiro, para toda guerreira, para todo mundo que acompanha o trabalho da zebu na rede e para quem também curtiu o contrariando as estatísticas.

Não desista. É difícil como o próprio Mano Brown diz: "a gente já começa 100 vezes atrasado", então a gente tem que correr mais do que todo mundo não para agradar eles, não para cumprir tabela, não para ser aceito na sociedade. 

A gente não tem essa carência de ser amado, a gente quer ser respeitado. 

Então o nosso recado é esse. Acredite, lute, persista, contrarie todas as estatísticas possíveis. Porque quando você faz isso, você cresce como pessoa, você fica mais forte, não é qualquer problema ou qualquer dificuldade que vai te abalar .

Então procure sempre estar crescendo, procure estar em movimento. Nunca, nunca, nunca desista ou cruze os seus braços. Corre atrás, muita fé em Deus. A pessoa tem que ter fé, não precisa ser no mesmo Deus que o nosso, mas tenha a sua fé. Porque vaso sozinho fica frágil ,fica fraco, mente vazia é oficina do diabo. Então tenha o seu momento de fé no seu dia e agarre-se a isso e corra atrás. Consequentemente as coisas boas começaram acontecer. Porque você vai estar incomodando o sistema quem é fraco, não incomoda ninguém agora quem é forte e luta e acredita, vira referência.

Então é isso. Tem que ter fé, tem que ter força e tem que acreditar mais do que todo mundo.

Correr por correr já tem gente demais. Agora se você correr mais do que todo mundo, eles vão ter que te aceitar. É isso queríamos deixar, um salve para todos sem exceção.

Máximo respeito e que Deus abençoe a vida de vocês.

Curtiu a entrevista?
Quer saber mais sobre os artistas?
Acesse:

https://www.youtube.com/k.oliver

https://www.facebook.com/ysaacrapoficial

https://www.facebook.com/k.olivermc

https://www.instagram.com/ysaac.rap/

https://www.instagram.com/k.olivermc/


Comentários

  1. Só orgulho e gratidão meus manos, deus abençoe cada um de vocês ✊🏿👑

    #ContrariandoEstatisticas

    ResponderExcluir
  2. Da hora muito sucesso pra vcs rapazia muita luz🙏

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RECEPÇÃO CALOROSA AOS NOSSOS ATLETAS PARALÍMPICOS!!!

  Foi realizado na  manhã desta quarta-feira (08), uma merecida homenagem aos atletas da  Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba - ADEFU, que representaram a nossa cidade e o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Foto: Equipe zebunarede Ercileide Silva , José Carlos Chagas e Poliana Sousa desfilaram em caminhão do Corpo de Bombeiros pelas principais avenidas de Uberaba, recebendo durante todo o percurso o carinho da população. A carreata teve início na sede da Fundação Municipal de Esporte e Lazer - FUNEL, localizada no Cemea Abadia, até o Centro Administrativo da Prefeitura, no bairro Mercês, onde foram recepcionados pela prefeita Elisa Araújo, servidores, imprensa e demais autoridades. Estivemos presente nesta linda homenagem aos nossos queridos atletas. E é claro que gravamos uma "palavrinha" com cada um deles. Confira os detalhes a seguir:  Em seguida foi realizada no Anfiteatro Mário Pimenta Camargo do Centro Administrativo uma coletiva de imprensa com o

COPA TRIÂNGULO REUNIU GRANDES ATLETAS EM UBERABA

  Realizada no  último domingo (29), em Peirópolis, a  Copa Triângulo Mineiro MTB ,  reuniu mais de 400  atletas,  marcando o retorno das grandes competições em Uberaba, suspensas devido a pandemia do Covid-19. Promovida pela RR Eventos, com apoio da Funel, o  evento que é uma das maiores provas de Mountain Bike do Triângulo Mineiro, contou com disputas em percurso completo de 47 km, nas categorias Masculina e Feminina Elite, Júnior, Sub 23 ao Sub 55 e Dupla Maculina. Já no percurso reduzido com 34 km, nas categorias Juvenil, Over 55, Dupla Mista, Turismo Masculino e Feminina e Peso Pesado. Confira a seguir o pódio da categoria elite: - Masculino : 1º - Nicolas Rafhael Machado (Trinx Brasil Racing Team); 2º - Frederico N. Mariano (Sodbike/Lelin Bikes/Vinculo Imoveis); 3º - Pedro Hillo De Almeida Bertallo (Sodbike/Sabia Digital/Aroeira/Phteam/Racer); 4º - Raphael Mesquita Mendes (Jc Bikes); 5º - Jeovane Junior de Oliveira (Ivan Start Ciclobikeshop);     Foto: Reprodução da internet - F