Pular para o conteúdo principal

FESTIVAL STEREO LAB DIVULGA EDIÇÃO ONLINE

 

A edição 2021 do Festival Stereo LAB, será realizada de forma virtual, entre os dias 23 e 27 de junho, com Shows, Performances, Grafite (live painting), Debates e Mentorias.

Nos dias 23 e 24/06, às 20h, serão promovidos dois debates sobre o mercado da música, com os temas “mulheres na cadeia produtiva da música mineira” e “música no interior”. Já nos dias 26 e 27/06, às 17h, programação de shows, performance e grafite vão ao ar pelo canal do Laboratório 96 no youtube.

Entre os destaque da programação está cantore e compositore “Ju”. Integrante da banda Francisco El Hombre e compositora da famosa música Triste, Louca ou Má, que lançou recentemente seu projeto solo com a banda Lazuli. Ju mostra o poder da música e se reinventa em seu projeto solo: do eletrônico ao orgânico do tambor xamânico e pé no chão; das “brasileirisses” às latinidades.

O Festival aposta também na cena da nova música mineira, com grande maioria da programação de artistas da cidade de Uberaba e do Estado. A ação de Live Painting reuniu nove grafiteiros, sendo seis locais e três da cidade vizinha Uberlândia. As performances são de artistas locais e os debates de profissionais da música do estado. A proposta é aproximar o mercado da música na região e no estado.

Uma das novidades dessa edição é trazer o trabalho de mentoria para fortalecimento da cena local. No total 4 artistas emergentes da cidade receberão mentoria de Alejandra Luciani, Nina Souza e Marcelo Santiago, profissionais reconhecidos na cena nacionalAs inscrições para participar do edital podem ser realizadas até o dia 8 de junho pelo link.

O Festival Stereo LAB tem o incentivo da Lei de Emergência cultural, Aldir Blanc, através do edital nº 16/2020 - Seleção de propostas de mostras e festivais artísticos e culturais. 

O projeto é idealizado por Letícia Rezende e Bruna Buzollo, proprietárias do Espaço Cultural Laboratório 96, espaço de resistência cultural no interior de Minas Gerais. Com 5 anos de história o Lab 96 já recebeu mais de 200 artistas da nova música brasileira em turnê pelo estado de Minas Gerais. Sendo reconhecida hoje como um dos principais espaços dedicados à música do interior do país. 

Conheça a programação completa do evento no site do Laboratório 96

Siga o zebunarede também pelas redes sociais:

Facebook: zebunarede.com

Instagram: @zebunarede

Youtube: zebunarede

Twitter: @zebunarede

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres