Pular para o conteúdo principal

JOÃO MENEZES ESTRÉIA NO CHALLENGER DE CAMPINAS E ERCILEIDE E JOSÉ CARLOS NA COPA AMÉRICA DE BOCHA


Nas quadras de saibro da Sociedade Hípica,  o tenista uberabense João Menezes, fez sua estréia na tarde dessa terça-feira (01), na chave simples e de duplas do Challenger de Campinas


Foto: Divulgação/Instituto Sports

Por ser o cabeça de chave nº9, João Menezes (207º) entrou diretamente na segunda rodada da chaves de simples, encarando logo de cara um velho conhecido, o gaúcho Orlando Luz (327º). Seu parceiro de vários torneio de duplas, como na última edição do Challenger de Buenos Aires, onde chegaram até as quartas-de-final. Deixando a amizade de lado, os atletas realizaram um grande duelo. Com Orlandinho levando a melhor com um duplo 6/4, garantindo a classificação para a próxima fase.

Em seguida, foi a vez da disputa em duplas. Onde o uberabense ao lado do chileno Alejandro Tabilo, derrotaram os brasileiros Guilherme Clezar e André Ghem por 2 sets a 0 (7/5, 6/3), conquistando a vaga para as quartas de final do torneio.
                                                                  -----------------
Em São Paulo, os atletas da ADEFU, Ercileide Laurinda da Silva e José Carlos Chagas, iniciaram a caminhada com a seleção brasileira em busca da classificação para os Jogos Paraolimpíadas de Tokyo 2020, no Bisfed 2019 São Paulo Boccia America Regional Championships (Copa América de Bocha) no CT Paralímpico. A delegação brasileira conta ainda, com a uberabense Hindielle Andrade na função de staff.

Ercileide, Hidielle e José Carlos. Foto: Reprodução internet

Pela classe BC4, Ercileide estreou com uma grande vitória sobre o argentino Khalil Profiti por 12 a 0. Em seguida, teve um duelo equilibrado com o colombiano Euclides Grisales, que levou a melhor no confronto, com a vitória por 6 a 3. Ela volta a ação, na tarde dessa quarta-feira, para encarar o chileno Matias Alcaino. 

Já José Carlos, abriu a disputa na classe BC1 com um grande vitória por 9 a 0 sobre o canadense Lance Cryderman. E na tarde nessa quarta-feira, terá pela frente a argentina Ailen Flores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: JOÃO MENEZES

Abrimos a série sobre os nossos representantes nos Jogos de Tóquio 2020, com o atual Campeão Pan-Americano, o tenista João Menezes . Foto:  @joaomenezes12 Com 24 anos de idade, João Menezes é um dos principais nomes do tênis brasileiro na atualidade. Ocupando no momento a 217º posição no ranking da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro.  Apaixonado pelo esporte e  decidido desde muito jovem a ser um atleta profissional,  contou com a influência e o apoio da família, principalmente do  pai e do avô materno que eram praticantes do esporte.   Ouro no  Pan-Americano de  Lima. Foto: Reprodução da internet Já nas categorias de base, Menezes demostrava que não estava para brincadeira. Com bons resultados e títulos,  alcançou  na categoria juvenil  a 21º posição mundial.  Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurg