Pular para o conteúdo principal

POLIANA E RAISSA ESTREIAM NO PARAPAN E GRAZIELLE PEDROSO SOBE AO PÓDIO DA MARATONA INTERNACIONAL DE FLORIANOPÓLIS


Reunindo mais de 10 mil inscritos, a Maratona Internacional de Floripa começou às 6h deste domingo, contando com atletas de todos os estados brasileiros e de outros 13 países. Na prova feminina, a nossa cidade foi representada por Grazielle Pedroso, que cruzou a linha de chegada com o tempo de 2h58min19seg, conquistando a 3ª posição dessa tradicional disputa, que é considerada uma das mais rápidas do Brasil e atrai atletas em busca de índices para maratonas no exterior. Mais um grande resultado de Grazielle na temporada. Em outubro, ela embarca para Holanda para participar da Maratona de Amsterdã.



No final da tarde, foi a vez da estréia de Uberaba com Poliana Sousa e Raissa Machado, nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru. Mesmo não sendo a prova principal das atletas, ambas conquistaram bons resultados. E Poliana ficou na 9ª posição na categoria F54, no Lançamento de Peso. Raissa, que chegou a ficar entre as medalhistas durante a prova, finalizou a disputa na 4º colocação, na categoria F56 do Lançamento de Disco.  O Brasil subiu ao pódio nessa prova,com Tuany Barbosa - Medalha de Bronze. 



Poliana Sousa, volta ao Estádio Atlético nessa segunda-feira, às 19h (horário de Brasília). Já Raíssa Machado, entra em ação nessa quarta-feira (28), na disputa da principal prova das atletas, o Lançamento de Dardo. 

Cheiro de medalha no ar!!! Boa sorte meninas 🙌🏻

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

UMA BREVE HISTÓRIA DE UBERABA

O povoamento da região de Uberaba teve início, no final do século XVIII, com sesmarias concedidas pela Capitania de Goiás, entre elas, a Fazenda das Toldas, ainda existente, concedida a Tristão de Castro Guimarães, e as Fazendas Santo Inácio, Ponte Alta e Bebedouro, concedidas, em 1799, ao Tenente Joaquim da Silva e Oliveira, irmão do Sargento-Mor Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira, todas estas fazendas situadas ao sul da atual Uberaba.

O povoado de Uberaba, foi fundada, em 1809, pelo sargento-mor comandante da Companhia de Ordenanças do Distrito do Julgado do Desemboque da Capitania de Goiás, Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira.
A primeira casa de Uberaba, construída pelo Sargento-Mor Antônio Eustáquio, localizava-se na atual esquina da Praça Rui Barbosa com a Rua Artur Machado, do lado esquerdo de quem desce a rua Artur Machado.

Uberaba surgiu pela migração de familias que deixaram as já esgotadas regiões produtoras de ouro, porém fracas para agricultura, da Capitania d…