Pular para o conteúdo principal

UBERABENSE CONQUISTA O CAMPEONATO BRASILEIRO DE PETECA


No ultimo final de semana em Curitiba/PR, o uberabense Douglas Silva e o seu parceiro Matheus Martins/GO, alcançaram o topo da categoria adulta - 1ª Classe no Campeonato Brasileiro de Peteca, que nessa 30ª edição, contou com a participação das duplas campeãs de Goiás, Minas, São Paulo, Rondônia, Paraná, Brasília, do clube Curitibano e de duas duplas convidadas da França. 

Premiação da categoria adulta - 1ª Classe - Campeonato Brasileiro de Peteca. Foto: Arquivo pessoal do atleta

Douglas representou Goias após convite de Matheus para disputar o Goiano, no qual foram vitoriosos. O titulo nacional veio após uma final pra lá de emocionante contra os representantes mineiros Tonho e Japa. A FINAL - Douglas/Matheus venceram o 1º set; O segundo foi dos mineiros (sendo que no finalzinho do set, Matheus se machucou, criando um clima de apreensão).  O Tiebreak foi pura emoção!! Perdendo de 12 a 9, Douglas e Matheus demostraram muita experiência, sangue frio e superação para reverter o placar e fechar o set em 17 a 15 e o jogo em 2 a 1.

Carreira - Atualmente com 28 anos, Douglas Silva, começou a praticar a modalidade com 10 anos de idade, apenas como uma brincadeira por influência do seu pai que jogava peteca na época e o levava para assistir. Cada vez mais interessado no esporte, começou a participar de torneios na cidade. Aos 17, em busca de novos desafios, disputou o seu 1º campeonato Paulista onde sagrou-se campeão. Depois disso, não parou mais!!

Douglas e Seu pai José Adolfo - Vice Campeão na Categoria Master II - 1ª Classe. Foto: Arquivo pessoal do atleta

Títulos mais importantes - Campeonato do Uirapuru, Campeonato do Jockey Club, Campeonato do Country Club, CIA (Copa Inter Atléticas) e JIU (Jogos Internos da Uniube) em Uberaba. Campeonato Interestadual Infantojuvenil, Campeonato Paulista, Campeonato Mineiro, esse ano o Campeonato Goiano e Brasileiro, o mais importante de todos. Pois além do titulo, Douglas foi eleito o melhor atleta do campeonato.



Douglas com os seus troféus de campeão Adulto e melhor atleta. Foto: Arquivo pessoal do atleta
PARABÉNS DOUGLAS PELO EMPENHO E DEDICAÇÃO AO ESPORTE!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: JOÃO MENEZES

Abrimos a série sobre os nossos representantes nos Jogos de Tóquio 2020, com o atual Campeão Pan-Americano, o tenista João Menezes . Foto:  @joaomenezes12 Com 24 anos de idade, João Menezes é um dos principais nomes do tênis brasileiro na atualidade. Ocupando no momento a 217º posição no ranking da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro.  Apaixonado pelo esporte e  decidido desde muito jovem a ser um atleta profissional,  contou com a influência e o apoio da família, principalmente do  pai e do avô materno que eram praticantes do esporte.   Ouro no  Pan-Americano de  Lima. Foto: Reprodução da internet Já nas categorias de base, Menezes demostrava que não estava para brincadeira. Com bons resultados e títulos,  alcançou  na categoria juvenil  a 21º posição mundial.  Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurg