Pular para o conteúdo principal

UM JOGO DE TIRAR O FÔLEGO


Em mais um encontro no Centro Olímpico de Uberaba, as meninas da seleção feminina de vôlei, em um jogo super emocionante, perderam de virada para os Estados Unidos por 3 sets a 2 (parciais  25/15,  25/23, 21/25 ,  23/25 e 15/17) .

Foto: Equipe Zebunarede
O JOGO:

O Brasil foi arrasador no primeiro set,  fechando em 25/15. Com início forte no segundo, empurrado pela contagiante torcida uberabense a seleção seguiu na frente e mesmo com a reação adversária,  garantiu a parcial em 25/23. As americanas mudaram a historia a partir do 3° set. Equilibrado, com alternância constante na liderança, na reta final as adversárias aproveitaram melhor as chances para fechar em 25 a 21. Da mesma forma no 4° set, as americanas venceram por 25 a 23. Com isso, a decisão foi para o Tiê Break.

Com os nervos à flor da pele, a torcida seguiu empurrando, acreditando na vitória. As meninas lutaram, suaram a camisa, mas o resultado não foi o esperado. O Estados Unidos venceram o set por 17 a 15, jogando um balde de água fria no publico presente.

Foto: Wander imagem
Com o resultado, a série amistosa segue em 3 a 0 para as americanas. Agora, as equipes viajam para o Rio de Janeiro onde realizam nesse sábado o último confronto antes do Campeonato Mundial.

Após a partida, batemos um papo com a levantadora Dani Lins e com o Técnico José Roberto Guimarães. Confira:





PARABÉNS MENINAS. A VITÓRIA NÃO VEIO MAS NO MUNDIAL O RESULTADO VAI SER OUTRO. VAI BRASIL!!!!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon

João Carlos Paranhos Nogueira é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade. 
Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquática 14 Bis, …

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - RENATO CALANGO

Por: André Montandon O músico, compositor, poeta, interprete e produtor Renato Calango tem a música em seu DNA.Juntamente com outros talentosos artistas criaram o Movimento Calango. A intenção do Movimento e dos que o vivenciam, é criarem composições musicais em vários estilos diferentes, agregando a maior diversidade de sonoridade possível, buscando uma alta carga de liberdade criativa sem se desligarem das suas ecléticas preferências e influências musicais, culturais, artísticas e ideológicas.Tem a característica de ser uma proposta artístico-musical aberta, na tentativa de realizar as mais diversas parcerias com os mais diferentes tipos de artistas e pensadores, tanto para compor, quanto para produzir e se apresentar ao vivo.Não seguem nenhum estilo musical, mas caminham por vários deles, desde que seja uma proposta artística viável, de bom gosto, harmoniosa ou até mesmo quando estiver fora da “beleza” convencionalmente imposta. Tentam, na medida do possível, se despir de pré-concei…