Pular para o conteúdo principal

QUANTIDADE REFLETE QUALIDADE? - POR O BRASILEIRO


Em meio as discussões em torno da votação/aprovação do aumento do número de vereadores no município de Uberaba, de 14 para 21 representantes, dividiu a opinião da população. De um lado, os defensores (especialmente os vereadores, é claro) argumentavam que a mudança trará maior representatividade à população uberabense, sem que haja aumento nos gastos públicos. Do outro lado, os opositores alegam que a decisão dos vereadores se dá em momento extremamente inoportuno e uma oneração aos cofres públicos em virtude do grande número de “indicados” que cada vereador costuma distribuir pelos órgãos municipais. Outro ponto apresentado a medida, é que ela só acontece porque os atuais vereadores tem receio de não conseguirem se reeleger face o descrédito da classe com a população. Manifestações e abaixo assinado foram realizado, mas nada disso foi suficiente para sensibilizar os vereadores.

Plenário da Câmara de vereadores. Foto: Reprodução internet 
Legalmente falando, não há nada de errado, o numero poderia ser ainda maior - chegando a 23 vereadores, devido ao numero de habitantes da cidade. Outra coisa, o repasse para manutenção da Câmara, chamado duodécimo, permanece o mesmo, de 5% da receita do município. Vale ressaltar ainda, que foi aprovado a redução da verba destinada para manutenção dos gabinetes (recurso utilizado para nomeação dos assessores). 

Mas afinal, teremos uma maior representatividade??

Vejamos:

Se nas próximas eleições forem escolhidos 21 bons representantes, a alteração foi positiva. Mas se, os escolhidos no pleito são péssimos representantes, então não valerá a pena. 

Isso só depende de nós. 
A nossa arma é o voto. 
Devemos deposita-lo com consciência.

Ass. O Brasileiro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ATLETAS DA ADEFU CONQUISTAM ÓTIMOS RESULTADOS NO BRASILEIRO DE BOCHA

Realizado no Centro de Treinamento Paralímpico em São Paulo, entre os dias 14 a 17 de novembro, o Campeonato Brasileiro de Bocha reuniu os melhores paratletas das classes BC1, BC2, BC3 e BC4 do país, para a disputa por equipes, pares e individual. Representando a Região Centro-oeste, Ercileide Laurinda da Silva, José Carlos Chagas, Leonardo Silva Carone e Mariana Ramos da Silva da ADEFU/Uberaba, obtiveram grandes resultados.
Zé Carlos e Mariana Ramos foramvice-campeões na disputa por equipes classe BC1/BC2, ao lado de André Luiz Barroso (ADD/MS), Cristiano Pereira Silva (APARU/MG) e Eduardo Vasconcelos (CETEFE-DF). Medalha de prata conquistada também pelo Zé Carlos na categoria individual.

Já na classe BC4,  Ercileide(Campeã regional Centro-oeste) e Leo Caroni conquistaram ao lado de Pedro Henrique Silva (APARU/MG), a medalha de bronze na disputada em pares. Pódio repetido também pelos uberabenses na categoria individual, Ercileide ficando com a Prata e Leo com o bronze.

Mais um grand…

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…