Pular para o conteúdo principal

MÓVIBE FESTIVAL - MOVIMENTA A CIDADE NESSE FINAL DE SEMANA


O MóVibe será um encontro dedicados aos amantes do reggae. Mas também a todos que querem sentir a energia e as boas vibrações que essa cultura proporciona. 

O evento será realizado no dia 16 de setembro (sábado), no Espaço Oliveira, a partir das 18h com as apresentações de Cidade Verde Sounds, Gnomos do Quintal, Cuzido beats, Léo Freitas e convidados, Squared K, O Eremita, Trombeta Dos Anjos e a participação especial de Balcão.



Conheça um pouco de cada uma das atrações:


Formado em 2005, os maringaenses do Cidade Verde Sounds andam fazendo muito barulho por onde passam. Adonai é quem canta e compõe as canções, Dub Mastor é o mago por trás dos arranjos, bases e mixagem ao vivo, trazendo uma experiência única a quem vai ao show.

São dez anos de muita caminhada de norte a sul do Brasil, centenas de shows com milhares de fãs. Hoje o Cidade Verde Sounds se consagra como um verdadeiro fenômeno musical. O grupo já se apresentou no Chile e na Costa Rica e já dividiu o palco com os maiores nomes do reggae mundial, como Damian Marley, Dezarie, Alpha Blondy e The Wailers e da música brasileira como Pitty, Jorge Bem Jor, O Rappa, Capital Inicial e Alceu Valença. E atualmente, está em fase final de produção do 4 disco “UMDO12” que será lançado ainda esse ano.


Cleber Escobar, Lucas Nóbrega, Victor Mundin, Eduardo Walsh, Henrique Walsh, Bruno Facure e Luis Otávio unidos e munidos de muita música formam o Gnomos do Quintal, que transpiram e exalam a vontade de ir além, de conectar as pessoas a partir do som que proferem. O grupo já participou de diversos festival, destaque para as apresentações no Festival Forró da Lua Cheia em 2016 e no Sinestesia desse ano.

Muito Funk, Reggae, Soul e Rock são os ingredientes deste time especializado em tirar seus pés do chão. Que está em estúdio gravando o primeiro EP.




Léo Freitas trás em suas canções uma mescla de ritmos sul latinos, em seu repertório brazuca carnavaliza passando do samba/rock e MPB ao dançante "mixirica", carinhosamente apelidado. Tem referências de Chico Buarque, Adoniram Barbosa, Tião Carreiro, Novos baianos, Móveis Coloniais, Los Hermanos e Mano Chao. 

Seu som é um convite a tentar ficar parado. Nesta edição Léo Freitas conta com convidados especiais nas rimas Diego Henrique e Wilmondes Carvalho e o lirismo de Rebeca Canhestro. 





O projeto Skared K, surgiu da parceria entre os artistas Kairon e Kadu. Sendo que o primeiro vem do universo da discotecagem, exercendo seu feeling no estilo eletrônico. Já Kadu, vem de uma identidade musical voltada para o Hip Hop, Rap e músicas brasileiras. Incluíram também ao projeto, o FUNK, vertente que abriu um grande leque para desenvolver performances diferenciadas em todos os seus shows, cada apresentação é marcada por ser única.

 O show do Skared K vem carregado de alegria, interação e música de boa qualidade.




Sempre transitando pelo submundo sonoro, O Eremita agrega em seus sons os valores da cultura hip hop original, a musicalidade do reggae roots e a busca pelo conhecimento. Tem com influencia: Bob Marley, Pablo Moses, Dennis Brown, Mos Def, Thaide, Racionais, Black Alien, Planet Hemp

Em seus dois EP lançados "Caminhando além das Montanhas de concreto" e "Palavras em Movimento" foram produzidos e lançados de forma totalmente independente.

O Eremita segue amplificando a coletividade sonora, plantando e colhendo Positividade com Idéias gratis, sempre grato a quem acredita nelas!



A banda se formou em 2015, na cidade de Uberaba, pela união de amigos que amavam música. Após algumas tentativas em outros estilos musicais, o grupo acabou se rendendo ao Reggae. 

Com influencias em diversos estilos musicais, a Trombeta dos Anjos usa da música para te transferir da mais tranquila para a mais agitada melodia. Usando o reggae como ferramenta de expressão, cada musico transmite sua identidade musical.






Natural de Uberaba-MG, foi o fundador e apresentador âncora do programa de televisão SE LIGA. Mudou-se para São Luís do Maranhão em 2007, onde residiu por 7 anos. Na Jamaica brasileira, teve contato com os salões de reggae, as radiolas e com grandes nomes da cena. Realizou e produziu shows de grandes artistas como: SOJA “SOLDIERS OF JAH ARMY”, TARRUS RILEY E DEAN FRASER. O amor pelo ritmo fez com que algumas vezes discotecasse em festas e eventos de reggae em Uberaba e São Luís. No line-up, artistas de reggae de diversas partes do mundo: Jamaica, África, Alemanha, Suécia, Japão, Nova Zelândia, França, entre outros. Preparem-se para sentir a energia dos salões de reggae do maranhão! 


Esse evento promete e você não pode ficar de fora!!

                                       Mais informações: https://www.facebook.com/movibefestival/                                                                                          https://www.facebook.com/events/1483760568312911/

Pontos de venda

LUGA TATTOO STUDIO - R. São Benedito, 141
BEATS HOUSE - R. José Felício do Santos, 77
CASA DA ÁRVORE - R. Maestro José Maria, 30
JACKIE BROWN BURGER - Av. Leopoldino de Oliveira, 2495



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

UBERABA SE DESTACA NA ETAPA DECISIVA DO REGIONAL DE HANDEBOL

Nesse ultimo final de semana, mais de 500 atletas de Uberaba e região, se reuniram em nossa cidade para a disputa da etapa decisiva da 4ª edição da Liga de Handebol do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba(LHaTMAP),com destaque para o excelente desempenho das equipes Uberabenses.
Classificado para semi-final em todas as categorias disputadas, as equipes da Acevale Handebol/Funel/Uberaba, conquistaram com apoio da torcida no Ginásio da Funel (antigo CEMEA Abadia), os títulos nas categoriasCadete Feminino, Juvenil Feminino e Adulto Masculino e a medalha de bronze no Cadete Masculino, Júnior Masculino e Adulto Feminino. Além do Título Geral da Competição.







Mesmo com a frustração de não participar esse ano da Liga Nacional, o Presidente e Goleiro da equipe Adulta da Acevale Bruno Cruz, acredita que a temporada foi muito importante não só pelos resultados, mas pelo trabalho desenvolvido, principalmente no feminino. "Foi uma temporada difícil, porque tivemos a decepção de não conseguir pa…