Pular para o conteúdo principal

COMUNICADO SOBRE O ABASTECIMENTO EM UBERABA



Um problema operacional dentro da Estação de Tratamento de Água (ETA) paralisou o processo de tratamento na madrugada de quarta-feira (18), repercutindo em toda o complexo de reservação de água do Codau. Um dos insumos do tratamento, o sulfato de alumínio líquido, não foi entregue pela empresa fornecedora - Bauminas Química Ltda - dentro do prazo estipulado pelo Codau. 

O atraso no cumprimento do cronograma de entrega gerou uma notificação judicial para a Bauminas Química Ltda, mesmo diante das informações extraoficiais que chegaram à direção do Codau, justificando o atraso. Segundo consta, toda a produção da indústria foi direcionada para atender o desastre ecológico de Mariana (MG) e das cidades que margeiam o rio Doce.

As reservas internas são suficientes para atender a demanda interna por 15 dias. Este insumo é parte integrante das soluções químicas usadas no tratamento e a função dele é a de reduzir a turbidez da água. Sem o sulfato não é possível produzir uma água limpa e de qualidade para ser distribuída. 

Neste momento, há sete dos 10 Centros de Reservação fechados e a tendência, até o final da tarde, é que outros também sejam fechados. O problema concentra-se na ETA e não na falta de água no rio Uberaba, que continua com grande vazão neste período de chuva. 

A empresa fornecedora garantiu que ainda hoje, no final da tarde um carregamento com o sulfato de alumínio chegará a Uberaba. O Codau calcula que serão 12 horas de interrupção no tratamento da água. Por isso, o Codau alerta que a população deve imediatamente adotar medidas severas de controle da água reservada nas caixas de água domésticas, até que a situação seja completamente normalizada. 

A direção do Codau lamenta todos os fatos e volta a reafirmar que está trabalhando para solucionar este problema operacional o mais rápido possível, mas o sistema deverá ter repercussão no abastecimento por 3 a 4 dias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: JOÃO MENEZES

Abrimos a série sobre os nossos representantes nos Jogos de Tóquio 2020, com o atual Campeão Pan-Americano, o tenista João Menezes . Foto:  @joaomenezes12 Com 24 anos de idade, João Menezes é um dos principais nomes do tênis brasileiro na atualidade. Ocupando no momento a 217º posição no ranking da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro.  Apaixonado pelo esporte e  decidido desde muito jovem a ser um atleta profissional,  contou com a influência e o apoio da família, principalmente do  pai e do avô materno que eram praticantes do esporte.   Ouro no  Pan-Americano de  Lima. Foto: Reprodução da internet Já nas categorias de base, Menezes demostrava que não estava para brincadeira. Com bons resultados e títulos,  alcançou  na categoria juvenil  a 21º posição mundial.  Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurg