Pular para o conteúdo principal

ELEIÇÕES 2014 - POR O BRASILEIRO


DEBATES, DESASTRE, JOGO SUJO E FESTA

As eleições desse ano serão marcadas com um período de intenso movimento social, tendo as redes sociais como um veiculo fundamental no processo.

Desde a volta da democracia e das eleições diretas para presidente da republica de 89, não se viu um envolvimento tão forte da população na politica, como um movimento em torno de uma palavra chave "MUDANÇA". Sentimento esse desenvolvido nos últimos anos de seguidos escândalos de CORRUPÇÃO. Mas o estopim de todo esse movimento veio em junho de 2013, após um manifesto contra o aumento da tarifa do transporte coletivo de São Paulo em 20 centavos que foi covardemente oprimido pela policia e amplamente divulgado pela imprensa. Esse fato chocou e mobilizou grande parte da população brasileira que sai nas ruas gritando e levantando cartazes com os mais diversos temas, com Saúde, Educação, Segurança, Copa do Mundo e o fim da Corrupção. Ahhh, tudo indicava que agora sim!! "o povo cansou de ser omisso", "o gigante acordou", "a mudança começou". Que nada, as eleições chegaram e o sentimento que se tinha foi perdendo força.

Logo no inicio da campanha a tragedia aérea do candidato Eduardo Campos provocou uma alteração da chapa entorno do nome de Marina Silva que ganhou força com a comoção nacional da morte de Eduardo e uma esperança de MUDANÇA com essa terceira via. Mas, como sempre, ataques pesados foram lançados e Mariana que despontada como favorita, nem chegou ao segundo turno. E as redes sociais, em que ponto contribuíram nesse processo?

Principalmente no segundo turno, com a polarização PT e PSDB. Diariamente usuários compartilhavam postagens a favor e contra os candidatos, provocando na maioria das vezes atritos. Deixamos bem claro que as brigas entre os brasileiros foram durante toda campanha alimentada pela postura dos candidatos nos debates, declarações e propagandas.

No final de tudo, a situação se manteve no poder com uma vantagem pequena na votação, de apenas 3,28%.

Terminado o processo eleitoral, destaco como ponto positivo o grande envolvimento da popular e negativo os ataques ofensivos e preconceituosos, ressalvo ainda, que a alternância de poder é importante para o exercício democrático. Mas, em repeito ao resultado das urnas, esperamos que o governo reflita sobre os apelos da sociedade. E que a sociedade se una. Pois somos todos filhos dessa nação, somos todos BRASILEIROS.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

UBERABENSES SÃO CONVOCADOS PARA AS PARALÍMPIADAS DE TÓQUIO

  Ercileide da Silva , José Carlos Chagas e Poliana Sousa  da Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba - Adefu, foram convocados  pelo Comitê Paralímpico Brasileiro - CPB  na tarde desta terça-feira (6), para os  Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 . Ercileide e Zé Carlos competem pela classe BC4 e BC1  da bocha, respectivamente. Já Poliana pela classe F54 do lançamento de dardo. Foto:  @funel.uberaba Não poderíamos deixar de destaque também, a convocação da uberabense e ex-paratleta da Adefu, Raissa Rocha Machado . Que hoje integra a equipe do Instituto Elisângela Maria Adriano -  IEMA   , de São Caetano do Sul-SP. Raissa é atleta da classe F56 do lançamento de dardo. Foto:  @raissarochamachado Foram ao todo 253 convocados, maior delegação brasileira para uma edição dos Jogos fora do Brasil. O número só é superado pela participação nos Jogos Rio 2016, já que o Brasil garantiu vagas em todas as modalidades por ser país sede e contou 286 atletas no total. Os Jogos de Tokyo 2020, ser