Pular para o conteúdo principal

Nacional trabalha e deve mudar para reagir

Após a derrota para a Patrocinense, a reapresentação do elenco do Nacional, nesta segunda-feira, não podia ser diferente: nas palavras do diretor de futebol Luis Cecílio, o grupo estava "meio apático".

Um dos jogadores cabisbaixos era o capitão Levi, que reclamava muito do resultado. “Falei para ele que todo começo é difícil e fiz o possível para que todo o elenco se colocasse mais confiante”, comenta Cecílio.
Sobre a próxima partida, o diretor informou que o técnico terá sim que fazer algumas mudanças, visto que o jogo de quarta-feira será muito difícil, mas que não é impossível arrancar os três primeiros pontos fora de casa. “O Jordan vai tentar trabalhar mais a parte de entrosamento. Sabe que não fizeram um bom jogo, que o pimeiro tempo até que foi razoável, mas que tomaram quatro gols no segundo tempo e que de agora pra frente vão ter que mostrar mais a responsabilidade que cada um deve ter dentro e fora dos gramados. Por esse motivo, acredito que haverá sim algumas mudanças“, afirma o dirigente.

Uma das maiores preocupações é a saída do zagueiro Felipe Nogueira, que anunciou sua aposentadoria, justificando que o corpo não aguenta mais. “Precisamos de um atleta de área para substituir.

A receita do clube também é motivo de preocupação. “Se tivéssemos recebido uma receita mais tranqüila ficaria mais fácil contratar e dar mais suporte para o elenco. O Araxá se preparou bem menos que o Nacional e pegou uma receita de mais de R$ 1 milhão e 400 mil. O Elefante ficou com um montante de R$ 150 mil, segundo o diretor.

O técnico do Naça, Jordan de Freitas, disse que vão trabalhar para que a estreia não seja um impasse para os próximos duelos. Após o jogo, nervoso, ele apenas declarou que as melhores oportunidades foram criadas para a equipe adversária e que eles mereceram os parabéns pela vitória.

Os atletas continuam os trabalhos visando a próxima partida, que será na quarta-feira, contra o Mamoré, na cidade de Patos de Minas.


VEJA A TABELA DOS JOGOS DO MODULO II DO MINEIRO :
Fonte: www.jornalreplay.net

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MANÉ GALINHA

  Por: André Montandon Em uma mistura perfeita de ritmos baseada na herança afro ao redor do mundo, que une pop, axé, funk, samba, rock, disco, soul, R&B e groove, o  Mané Galinha (nome em referência ao famoso personagem do filme Cidade de Deus), criou um estilo próprio e um repertório vasto, com a identidade e diversidade exata, proporcionando ao público um clima envolvente de festa, alegria e celebração. Além das canções, hits e clássicos da cultura Black Music. A versatilidade também é uma marca do grupo. Que desenvolveu diversos formatos para atender a todos os gostos e os mais diversos eventos. Em comemoração aos 4 anos de estrada, estão lançando nesta sexta-feira (19), o seu primeiro EP - intitulado de "Pra Elas". Aproveitando esse momento especial da banda, batemos um papo com eles para saber um pouco mais da trajetória, do EP e das novidades. Confira 😉 - Para iniciar, vamos falar sobre a trajetória do grupo. Sua formação, principais referências músicas, como tud

DA SÉRIE: A ARTE EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS (PARTE VIII) 🎨😅

  🖼Obra original: "Mona Lisa" de Leonardo da Vinci. #arteemtemposdecoronavírus #arte #monalisa #prevenção #vaipracasa #ficaemcasa #covid19 #xocoronavirus #isolamentosocial #quarentena #juntossomosmaisfortes #zebunarede