Pular para o conteúdo principal

Justiça dá liminar às empresas, mas greve do transporte continua

Justiça do Trabalho concedeu ontem liminar favorável às empresas de transporte coletivo, mas não determinou a interrupção da greve deflagrada ontem por motoristas de ônibus. A liderança da categoria calcula adesão de 70% dos trabalhadores no primeiro dia de movimento.
 
Liminar do desembargador Marcus Moura Ferreira, do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em Belo Horizonte, determinou que Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários garanta a presença de pessoal para circulação de 80% da frota nos horários de pico do início da manhã e do fim da tarde. Nos demais horários, a exigência é 50% dos ônibus em operação. 
 
O desembargador também estabelece que as empresas orientem os motoristas para que o quantitativo seja cumprido. Foi fixada multa diária de R$ 80 mil em caso de descumprimento, tanto das concessionárias quanto do Sindicato. A liminar ainda determina a fiscalização do serviço por parte da Prefeitura.
 
A decisão será comunicada ao Ministério Público do Trabalho e também à Justiça do Trabalho em Uberaba, que deverá acompanhar o processo a partir de agora para facilitar as tentativas de conciliação entre as partes.
 
O líder sindical dos trabalhadores, Lutério Antônio Alves, informa que ainda não foi notificado da sentença, mas assegura que a determinação judicial será cumprida. No entanto, ele reforça que a greve continua nesta terça-feira (3).
 
Com a paralisação das atividades ontem, as concessionárias ofereceram nova contraproposta aos trabalhadores. Desta vez, foram oferecidos 7% de reajuste salarial, mais 10% no valor do tíquete-alimentação e 40% no adicional pago para os motoristas que desempenham dupla função. 
 
A proposta foi levada para apreciação dos grevistas, mas parcialmente foi rejeitada. Na assembleia, a categoria acatou os valores oferecidos para o tíquete e o adicional da dupla função, mas cobram reajuste salarial de 8%. Inicialmente, os motoristas reivindicavam aumento de 10% no salário. “O trabalhador cedeu e contribuiu para que as negociações avançassem. Agora aguardamos a mesma postura das empresas”, finaliza. 
 
A reportagem do Jornal da Manhã tentou contato com a Líder e a Viação Piracicabana, mas não conseguiu localizar os representantes das empresas por telefone.
 
Fonte: www.jmonline.com.br
 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - TUYO

Por: André Montandon Um dos principais nomes da música independente da atualidade, retornou à Uberaba no dia 15 de abril, a convite do Laboratório 96, para um show super especial em comemoração ao 6 anos deste importante espaço cultural, no Teatro Sesi Minas. Mesmo em meio a "turbulência" provocada pela pandemia da Covid-19, Jean Machado e as irmãs Lilian (Lio) e Layane Soares (Lay) , apresentaram ao público em 2021, o seu terceiro álbum  - "Chegamos Sozinhos em Casa", que foi recebido com muito carinho pelos fãs e pela crítica especializada. O reconhecimento deste novo trabalho foi confirmado com indicações ao Prêmio Multishow na categoria “Canção do Ano” com a música “Sonho da Lay” e ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa". Única banda brasileira a integrar o show de abertura do Festival South by Southwest 2022 (SXSW), realizado em março, a Tuyo agora apresenta um novo registro de sua ida a Austin, no Texa

CONQUISTAS UBERABENSES NO ATLETISMO PARALÍMPICO E NO JIU-JITSU

  As feras  José Humberto Rodrigues  (popularmente conhecido como Batata) e  Poliana Sousa  da Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba - ADEFU , conquistaram três medalhas de ouro na  classe  F54 da   2ª  Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo Paralímpico , realizada  nos dias 18 e 19 de junho,  no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo/SP.  Contando com a supervisão do técnico Célio Tavares, Batata sagrou-se campeão no  lançamento de dardo  com a  marca de 23,78m.  Já Poliana, garantiu os títulos no  arremesso de peso e  lançamento de dardo  após atingir as marcas de  13,91m e  5,49m, respectivamente.     Ao todo, foram mais de 200 atletas participantes desta etapa.  Destaque ainda para  a craque Raissa Machado ,  ex-atleta da ADEFU que atualmente defende a IEMA de São Caetano do Sul/SP, que com um arremesso de 23,91m, garantiu a medalha de ouro na classe F56 do lançamento de dardo . A segunda  dela nesta temporada da competição. 🥇  Raissa, Batata, Poli