Pular para o conteúdo principal

Justiça dá liminar às empresas, mas greve do transporte continua

Justiça do Trabalho concedeu ontem liminar favorável às empresas de transporte coletivo, mas não determinou a interrupção da greve deflagrada ontem por motoristas de ônibus. A liderança da categoria calcula adesão de 70% dos trabalhadores no primeiro dia de movimento.
 
Liminar do desembargador Marcus Moura Ferreira, do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em Belo Horizonte, determinou que Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários garanta a presença de pessoal para circulação de 80% da frota nos horários de pico do início da manhã e do fim da tarde. Nos demais horários, a exigência é 50% dos ônibus em operação. 
 
O desembargador também estabelece que as empresas orientem os motoristas para que o quantitativo seja cumprido. Foi fixada multa diária de R$ 80 mil em caso de descumprimento, tanto das concessionárias quanto do Sindicato. A liminar ainda determina a fiscalização do serviço por parte da Prefeitura.
 
A decisão será comunicada ao Ministério Público do Trabalho e também à Justiça do Trabalho em Uberaba, que deverá acompanhar o processo a partir de agora para facilitar as tentativas de conciliação entre as partes.
 
O líder sindical dos trabalhadores, Lutério Antônio Alves, informa que ainda não foi notificado da sentença, mas assegura que a determinação judicial será cumprida. No entanto, ele reforça que a greve continua nesta terça-feira (3).
 
Com a paralisação das atividades ontem, as concessionárias ofereceram nova contraproposta aos trabalhadores. Desta vez, foram oferecidos 7% de reajuste salarial, mais 10% no valor do tíquete-alimentação e 40% no adicional pago para os motoristas que desempenham dupla função. 
 
A proposta foi levada para apreciação dos grevistas, mas parcialmente foi rejeitada. Na assembleia, a categoria acatou os valores oferecidos para o tíquete e o adicional da dupla função, mas cobram reajuste salarial de 8%. Inicialmente, os motoristas reivindicavam aumento de 10% no salário. “O trabalhador cedeu e contribuiu para que as negociações avançassem. Agora aguardamos a mesma postura das empresas”, finaliza. 
 
A reportagem do Jornal da Manhã tentou contato com a Líder e a Viação Piracicabana, mas não conseguiu localizar os representantes das empresas por telefone.
 
Fonte: www.jmonline.com.br
 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: JOÃO MENEZES

Abrimos a série sobre os nossos representantes nos Jogos de Tóquio 2020, com o atual Campeão Pan-Americano, o tenista João Menezes . Foto:  @joaomenezes12 Com 24 anos de idade, João Menezes é um dos principais nomes do tênis brasileiro na atualidade. Ocupando no momento a 217º posição no ranking da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro.  Apaixonado pelo esporte e  decidido desde muito jovem a ser um atleta profissional,  contou com a influência e o apoio da família, principalmente do  pai e do avô materno que eram praticantes do esporte.   Ouro no  Pan-Americano de  Lima. Foto: Reprodução da internet Já nas categorias de base, Menezes demostrava que não estava para brincadeira. Com bons resultados e títulos,  alcançou  na categoria juvenil  a 21º posição mundial.  Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurg