Pular para o conteúdo principal

Falta de sinalização em lombadas se transforma em armadilhas

As reclamações sobre a falta de sinalização vertical e horizontal nas vias da cidade são antigas. Nesta terça-feira (4), motoristas e comerciantes nas proximidades do Instituto de Cegos, na avenida Odilon Fernandes, reclamaram da instalação surpresa de uma lombada. A falta de sinalização transformou o necessário redutor de velocidade em armadilha para os motoristas desavisados. A Prefeitura afirma que falta tinta para a pintura.

A instalação de lombadas nas ruas de Uberaba é de responsabilidade do Departamento de Trânsito, setor ligado à Secretaria de Trânsito e Transportes (Settrans). De acordo com o diretor do departamento, Rodrigo Carmelito, a secretaria realizou a instalação de uma travessia elevada na avenida Odilon Fernandes, na altura do Instituto de Cegos, na manhã de terça-feira. “A obra ficou pronta ao meio-dia e 30 minutos, depois a equipe de sinalização chegou ao local para realizar a instalação de placas e dar início à pintura da via. A secretaria realizou pintura provisória, pois a massa asfáltica está quente e necessita de um prazo de no mínimo 30 dias para curar, do contrário a tinta é absorvida pelo solo”, revela. O diretor ressalta ainda que a previsão é de que até esta quarta-feira (5) o local esteja com a sinalização completa.

No entanto, ainda há outras vias cujas lombadas já estão instaladas há vários meses, mas continuam sem sinalização. Além da falta da pintura das faixas refletoras e de placas informando a existência de uma lombada, a pouca iluminação da avenida General Osório, no conjunto Frei Eugênio, transformou a lombada em uma verdadeira cilada para os motoristas que passam pelo local. As lombadas com a sinalização total ou parcialmente apagada também pegam desprevenidos até mesmo quem já está acostumado a passar pela avenida São Paulo, nas proximidades do Cemea Boa Vista e da Aisp Boa Vista.

Conforme levantamento da Settrans, repassado pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Uberaba por meio de nota, Uberaba possui hoje cerca de 500 lombadas. “A Secretaria de Trânsito entende que não só as lombadas, mas quase que toda a sinalização da cidade necessita de repintura. Porém, a Prefeitura não tem tinta em estoque para a realização desse trabalho. A situação, conforme aponta a assessoria, indica que a última compra de material para estoque da secretaria foi cancelada durante a gestão passada. No início da atual gestão foi necessária a realização de outra requisição e abertura de uma nova licitação para a compra de materiais, tanto para a sinalização horizontal quanto para a vertical. No momento, a licitação está na fase de cotação. Assim que a Prefeitura adquirir o material, a secretaria irá regularizar toda a cidade, de acordo com as prioridades”, afirma.

FONTE: www.jmonline.com.br



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

Confira as principais lives e eventos dessa semana em Uberaba. Tentaremos manter a lista o mais atualizada possível, adicionando novos eventos à medida que eles forem sendo confirmados.
29 DE SETEMBRO(TERÇA-FEIRA)
youtube.com/culturauberaba
- Carlos Giovanny - 19h30 - Choperia Colorado

30 DE SETEMBRO(QUARTA-FEIRA)
youtube.com/culturauberaba

 01 DE SETEMBRO(QUINTA-FEIRA)
youtube.com/culturauberaba
- Lemes & Petrucci - 19h - Choperia Colorado
- Projeto ao Cubo - 20h - Choperia Arquimedes 
- Thais Fraga & Elias Jr. - 21h - Cuba Jazz Club
02 DE SETEMBRO(SEXTA-FEIRA)
- Hamid Mauad - 19h - Choperia Colorado
- Funk & Soul das Gringas (Playlist) - 19h - Laboratório 96
- Denilson & Tiago - 19h - Recanto da Praça 
- Emerson Dibadá - 20h - Bão de Prosa Buteco
- Pfizer Trio - 20h - Choperia Arquimedes
- Charles Jr. - 20h - Soho Pub
- Igor e Caio - 21h - Getúlio Choperia 
- Roggs - 21h - Cuba Jazz Club
03 DE SETEMBRO(SÁBADO)

- Denilson & Tiago - 18h - Choperia Colorado
- Laboratoriando (Playlist) - …

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - ANDDRE MAFRA

Por: André Montandon Apresentando uma estética que une reflexões pessoais com loops de voz, violão, guitarra, batidas eletrônicas e efeitos, Anddre Mafra transita entre o indie-folk e o experimental de forma intimista em seu formato solo de "one man band".
Trazendo à tona suas vivências e consequências existenciais, o músico, cantor e compositor cria uma atmosfera particular: a imersão em uma sensibilidade latente. 
Em 2019 lançou o pri­meiro trabalho autoral, o EP ‘’Vou Dizer Que Sou Fe­liz (VDSF)’’, produzido por Marcos Paulo Guimarães.
Em agosto deste ano, apresentou o EP “Octopios”. Primeiro em que além das melodias e letras, todo processo de produção foi realizado pelo própria artista. O trabalho conta com a distribuição da Tratore e está disponível nas principais plataformas digitais. Conferir a seguir, a nossa entrevista com esse grande artista:- Como foi o processo de produção e escolha do nome do novo EP?Anddre Mafra - O EP inteiro foi gravado e produzido por mim dura…