Pular para o conteúdo principal

Antes de protesto, prefeito reduz tarifa do ônibus em R$ 0,10

Um dia antes do protesto contra a tarifa de ônibus, a Prefeitura anunciou ontem redução no valor da passagem. Após reunião entre a equipe técnica municipal e as empresas de transporte coletivo, o preço foi reduzido de R$2,90 para R$2,80. No entanto, a medida só entra em vigor a partir de 1º de julho.
 
Questionado se o anúncio busca enfraquecer o protesto de hoje, o prefeito Paulo Piau (PMDB) nega a existência de qualquer estratégia nesse sentido. O peemedebista justifica que a diminuição da passagem de ônibus só foi possível porque o governo federal concedeu este mês a isenção de PIS e Cofins às empresas de transporte coletivo. A Medida Provisória que zera a cobrança dos dois impostos foi publicada no dia 31 de maio no Diário Oficial da União. Entretanto, a Prefeitura começou a análise sobre o preço da tarifa na semana passada, após os manifestos em São Paulo (SP) se espalharem para as demais capitais brasileiras. 
 
O novo valor anunciado ainda está acima do preço praticado antes do reajuste aprovado em dezembro de 2012. Os manifestantes saem hoje às ruas para reivindicar o retorno do valor de R$2,60 vigente à época [veja detalhes na matéria ao lado]. No entanto, o prefeito descartou a possibilidade de o município retirar a cobrança de tributos municipais para as empresas de ônibus. “Numa Prefeitura que está devendo mais de R$300 milhões a curto e médio prazo, eu não tenho condições de deliberar a isenção de qualquer imposto ou taxa. É claro que não temos intenção de aumentar, mas abrir mão de recolhimento seria um ato de irresponsabilidade minha”, argumenta.
 
Além disso, o prefeito informa que a validade do passe livre nos fins de semana para os estudantes já foi acertada com as empresas de transporte coletivo. De acordo com ele, a medida onera os custos operacionais do serviço e precisa ser levada em consideração. “Sei que o movimento quer muito mais. Mas nós tomamos decisão também para que o passe livre do estudante comece a valer nos fins de semana. A lei já existe, mas não estava regulamentada. Estamos fazendo isso por meio de decreto nesta quinta-feira. Então, é ato que vai afetar a relação do consumidor com a empresa de ônibus”, acrescenta.
 
O decreto regulamentando o uso do passe escolar será publicado na próxima edição do Porta-Voz, que entra em circulação neste fim de semana. Conforme a lei, os estudantes poderão utilizar o benefício aos sábados, domingos, feriados e férias escolares. O benefício entra em vigor a partir da publicação oficial.
 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres