Pular para o conteúdo principal

Mudanças causam confusão no trânsito da praça Thomaz Ulhoa

Congestionamentos de veículos na praça Thomas Ulhoa estão sendo frequentes em horário de pico. A região é bastante movimentada em virtude da quantidade de instituições de ensino e hospitais existentes na vizinhança. E nos últimos dias, circular pela praça está cada vez mais difícil. As filas de veículos são extensas e o tempo de espera para os motoristas é grande.

Os principais pontos de estrangulamento são no cruzamento das ruas Quinca Vaz e Capitão Domingos e ainda na praça Thomas Ulhoa, no cruzamento das ruas Barão da Ponte Alta e Madre Maria José. O frentista André Luís Bazaga conta que nos horários de pico, em que as crianças estão saindo da aula, as filas são enormes. “Os motoristas passam buzinando a todo momento e acredito que o congestionamento está relacionado à mudança do trânsito que foi feita, pois antes a parada obrigatória era para aqueles veículos que estavam na rua Barão da Ponte Alta e agora o sinal de ‘pare’ é para aqueles que estão na rua Capitão Domingos”, explica André.

O frentista explica que a sinalização deveria ser refeita, pois a quantidade de veículos que passam pela rua Capitão Domingos é bem maior, pois recebe motoristas que vêm da rua Quinca Vaz e também aqueles que vêm pela praça próximo ao Hospital de Clínicas. Enquanto que na rua Barão da Ponte alta, onde existe a sinalização, a quantidade de veículos é menor.

Além disso, André ressalta que é preciso o apoio dos agentes da Guarda Municipal, pelo menos nos horários de pico, pois quando estão orientando os motoristas não há problemas com o trânsito. “E ainda é preciso sinalizar melhor a região, pois houve mudanças recentes no trânsito que estão gerando confusão, como nos pontos de estacionamento”, afirma.

De acordo com o diretor da Guarda Municipal, Marco Túlio Gianvecchio, um dos grandes problemas do trânsito de Uberaba, além das famosas filas indianas, é os motoristas que não respeitam a sinalização e param nos cruzamentos, impossibilitando que os veículos que estão na outra via circulem com fluidez. E nestes cruzamentos o fato se repete com frequência, tanto é que quando os agentes da Guarda estão no local, como o próprio frentista disse, esses transtornos não acontecem. Diante disso, Gianvecchio pede a compreensão de motoristas para que facilitem, pois, infelizmente, não há agentes suficientes para deixar disponíveis nestes cruzamentos.
Quanto à mudança na sinalização da parada obrigatória, Gianvecchio explica que a medida foi adotada por conta do grande número de veículos na rua Barão da Ponte Alta devido ao Colégio Nossa Senhora das Dores.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

Confira as principais lives e eventos dessa semana em Uberaba. Tentaremos manter a lista o mais atualizada possível, adicionando novos eventos à medida que eles forem sendo confirmados.
29 DE SETEMBRO(TERÇA-FEIRA)
youtube.com/culturauberaba
- Carlos Giovanny - 19h30 - Choperia Colorado

30 DE SETEMBRO(QUARTA-FEIRA)
youtube.com/culturauberaba

 01 DE SETEMBRO(QUINTA-FEIRA)
youtube.com/culturauberaba
- Lemes & Petrucci - 19h - Choperia Colorado
- Projeto ao Cubo - 20h - Choperia Arquimedes 
- Thais Fraga & Elias Jr. - 21h - Cuba Jazz Club
02 DE SETEMBRO(SEXTA-FEIRA)
- Hamid Mauad - 19h - Choperia Colorado
- Funk & Soul das Gringas (Playlist) - 19h - Laboratório 96
- Denilson & Tiago - 19h - Recanto da Praça 
- Emerson Dibadá - 20h - Bão de Prosa Buteco
- Pfizer Trio - 20h - Choperia Arquimedes
- Charles Jr. - 20h - Soho Pub
- Igor e Caio - 21h - Getúlio Choperia 
- Roggs - 21h - Cuba Jazz Club
03 DE SETEMBRO(SÁBADO)

- Denilson & Tiago - 18h - Choperia Colorado
- Laboratoriando (Playlist) - …

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - ANDDRE MAFRA

Por: André Montandon Apresentando uma estética que une reflexões pessoais com loops de voz, violão, guitarra, batidas eletrônicas e efeitos, Anddre Mafra transita entre o indie-folk e o experimental de forma intimista em seu formato solo de "one man band".
Trazendo à tona suas vivências e consequências existenciais, o músico, cantor e compositor cria uma atmosfera particular: a imersão em uma sensibilidade latente. 
Em 2019 lançou o pri­meiro trabalho autoral, o EP ‘’Vou Dizer Que Sou Fe­liz (VDSF)’’, produzido por Marcos Paulo Guimarães.
Em agosto deste ano, apresentou o EP “Octopios”. Primeiro em que além das melodias e letras, todo processo de produção foi realizado pelo própria artista. O trabalho conta com a distribuição da Tratore e está disponível nas principais plataformas digitais. Conferir a seguir, a nossa entrevista com esse grande artista:- Como foi o processo de produção e escolha do nome do novo EP?Anddre Mafra - O EP inteiro foi gravado e produzido por mim dura…