Pular para o conteúdo principal

Erick Moura manda recado para torcedores do Naça

Após a derrota para a Ituiutabana em casa, por 1x0, o torcedor do Nacional Futebol Clube demonstrou descontentamento e falta de paciência com a equipe. Vaias durante e depois do jogo marcaram a primeira derrota do técnico Erick Moura sob o comando do Expressinho da Rodovia. 

E essa chateação não parte somente da torcida. Na coletiva de imprensa, o treinador também demonstrou insatisfação com as críticas dos torcedores que foram ao Uberabão. “Às vezes, o torcedor não entende e quer xingar. Acho que o Nacional faz uma excelente campanha. Não há motivo para desequilíbrio e com cinco minutos de jogo xingar o Thiago Carvalho. Mas não faz mal. Pode continuar xingando, porque nós vamos classificar e subir o time. E se eles [torcedores] não estiverem satisfeitos, vamos deixar o time no Módulo II”, afirmou Erick Moura. 

Sem querer encontrar justificativa para a derrota, o treinador apontou erros no jogo de anteontem. “A Ituiutabana tem um banco de reserva que não deixa a qualidade cair e é por isso que eles estão invictos. Sofremos um gol em que o atleta subiu em cima do Balduíno e fez falta. Houve mudança do esquema tático de última hora, mas acredito que precisamos de mais força ofensiva. Todos sabem que a gente está passando pra outra fase, e vamos buscar  reforços”, explicou. 

Com a derrota, o Naça contabiliza três vitórias, duas derrotas, nove pontos e a segunda colocação do grupo C. Nesta chave, a Ituiutabana garantiu a classificação de forma antecipada. Montes Claros e Nacional disputam a segunda vaga.  

O Naça enfrenta na última rodada o Portal, que perdeu todos os jogos. Esta partida acontece domingo, 16, às 10h30, no estádio Parque do Sabiá. No mesmo horário, o Montes Claros visita a Ituiutabana. 

Com uma vitória, o Naça garante vaga na próxima fase. Caso saia de campo derrotado, terá de torcer para a Ituiutabana empatar ou vencer o Montes Claros. Se o time de Erick Moura empatar e o Montes Claros vencer, a decisão da segunda vaga acontecerá no saldo de gols.
 
 
REALMENTE, O JOGO DE QUARTA-FEIRA NO UBERABÃO, NÃO FOI LÁ ESTA COISAS, UMA DEFESA MUITO RUIM, EM ALGUNS PONTOS O TIME DEVE MUITA OPORTUNIDADE, MAS NÃO SOUBE APROVEITAR AS CHANCES, A EQUIPE ZEBUNAREDE ESTAVA LÁ E CONFERIU A DERROTA, AGORA É ESPERAR A CLASSIFICAÇÃO NO SÁBADO PARA VER O NAÇA, NA SEGUNDA FASE DO CAMPEONATO.
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon João Carlos Paranhos Nogueira  é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade.  Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquátic