Pular para o conteúdo principal

Uberaba fica fora do catálogo de CTS

Uberaba ficou de fora da primeira listagem para ser um dos Centros de Treinamento de Seleções (CTS), elaborada e lançada ontem pela Fifa e pelo Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014. Ao todo, são 54 locais (quatro na região Norte, três no Nordeste, três no Centro-Oeste, 30 no Sudeste e 14 no Sul) espalhados por 14 Estados. Em Minas Gerais, constam do catálogo oficial os municípios de Belo Horizonte, Ipatinga, Uberlândia e Juiz de Fora.

A lista ainda não é definitiva. Outros dois catálogos de CTS serão divulgados no primeiro e segundo semestres de 2013. Até o momento, o COL recebeu 279 inscrições e inspecionou 244. “O que era pra ser feito, a gente fez. A expectativa era ter o município nessa primeira listagem. Pelas conversas que a gente teve, nossa chance era muito boa. Mas isso não impede da gente ainda participar das demais listas. 

Pretendo fazer um contato com o pessoal da Secopa de Minas Gerais e procurar saber o que podemos fazer para melhorar. Confesso que Belo Horizonte é uma das estruturas tops. Não conheço Ipatinga e Juiz de Fora, mas considero que temos a mesma estrutura de Uberlândia”, afirmou o secretário de Esporte e Lazer de Uberaba, Roberto Fernandes. 

Os CTS servirão como base para as equipes durante o Mundial. A recomendação dos municípios no catálogo é um fator de indicação pela Fifa para as seleções classificadas a participar da Copa. Caberá a elas e às direções técnicas escolherem os locais onde ficarão concentradas. E os locais escolhidos devem hospedar delegações e integrantes da Fifa pelo período que pode variar de 45 a 60 dias. 

Fazem parte dessa lista, os locais que atenderam a mais de cem critérios técnicos relativos a hotéis, aeroportos, segurança e campos de treinamento. Representantes do Comitê Organizador Local (COL) passaram os últimos dois anos visitando estruturas candidatas. 

Para tornar mais fácil a atualização das cidades que entrarem e saírem da lista, o Comitê Organizador Local disponibilizou o catálogo na internet, e apenas a última versão dele, no fim de 2013, será impressa.

Em Minas permanecem como candidatas as seguintes cidades: Araxá, Caxambu, Caeté, Divinópolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Lagoa Santa, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Sacramento, Sete Lagoas, Uberaba e Varginha.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon João Carlos Paranhos Nogueira  é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade.  Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquátic