Pular para o conteúdo principal

Obras do Água Viva mudam linhas do transporte coletivo

Assim como o trânsito, obras do projeto Água Viva também modificam locais de pontos de ônibus. É preciso que o usuário fique atento, pois durante o período em que a avenida Leopoldino de Oliveira estiver interditada os pontos de ônibus serão transferidos para as ruas paralelas.

Segundo o diretor do Departamento de Operação e Fiscalização do Transporte Coletivo, Claudinei Nunes, foram distribuídos folhetos informativos com quadros relacionando a linha de ônibus e qual local ele deve passar. “Antes de implantar as mudanças, na semana passada, fizemos a distribuição de panfletos informativos nos pontos em que haveria alterações, foram cerca de 15 mil folhetos. Sendo assim, desde o fim de semana, quando foi feita esta alteração, estamos monitorando por meio de fiscais nos pontos em questão. Aqueles usuários que embarcam e desembarcavam nos pontos da avenida Leopoldino de Oliveira terão de se dirigir às ruas paralelas, como a rua Governador Valadares. Por exemplo, os usuários que utilizam a linha 54 – Uberaba 1 e a linha 60 – Residencial 2000 terão de ir até o ponto de ônibus nas ruas Governador Valadares e Alaor Prata. No sentido inverso, os pontos estão também nas ruas Segismundo Mendes (entre a Leopoldino e Vigário Silva), Afonso Rato, Manoel Borges”, explica Claudinei.

O diretor acredita que a circulação de ônibus por ruas como estas, estreitas, não irá gerar transtornos, haja vista que o estacionamento, nas vias em questão, foi retirado, o que pode dar mais fluidez ao trânsito.

Quanto à frequência dos ônibus, que determina o tempo de espera dos usuários, Claudinei disse que ainda não é possível saber se o tempo vai ultrapassar o normal. “Ao final desta semana vamos avaliar este fator. Porém, é importante ressaltar que quando o trecho de obras era outro, o percurso era maior do que o atual, os ônibus subiam a rua Treze de Maio, viravam na praça Santa Teresinha e desciam a rua João Caetano até a avenida Fidélis Reis”, explica Claudinei, ressaltando que na segunda-feira alguns usuários tiveram problemas, mas já é possível perceber que já estão  se acostumando.

Ainda segundo Claudinei, após o término das obras do projeto Água Viva, no trecho em questão, as obras da Mobilidade Urbana, para construção dos terminais de ônibus e subestações, devem começar. “A conclusão das obras do projeto Água Viva, de macrodrenagem, está prevista para o fim do mês de julho, início do agosto, logo em seguida vamos instalar as bases para as estações de ônibus. Na semana passada, o prefeito Anderson Adauto e secretario Karim Mauad estiveram em Curitiba para acertar alguns detalhes técnicos. Nesta semana, alguns técnicos da equipe do urbanista Jaime Lerner estão em Uberaba para fazer acertos nas linhas de ônibus para o projeto definitivo do transporte coletivo”, afirma.



Ponto de ônibus na rua Segismundo Mendes ainda apresenta muita confusão com o grande número de linhas



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: RAISSA MACHADO

Neste quinto e último episódio da série sobre os nossos representantes nos  Jogos de Tóquio 2020 ,  apresentamos um pouco sobre a trajetória do fenômeno  Raissa Machado . Foto: Gui Christ/CPB Incentivada pela mãe, aos 11 anos, começou a fazer ginástica e balé no Centro Municipal de Educação Avançada em Uberaba. A pós um teste na  ADEFU -  Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba, i niciou no paradesporto  e logo se destacou. C onquistando no início da carreira, pódio em diversas modalidades: lançamento de dardo, lançamento de disco e  corrida. Mas foi com o Dardo, que se tornou  referência  mundial. Dona de várias medalhas nas disputas por clube e pela Seleção em competições nacionais e internacionais na classe F56. Em 2014 no Chile, foi medalha de bronze no Sul-Americano. No ano seguinte, conquistou o bronze no Parapan de Toronto, e a prata no Mundial de Atletismo em Doha, no Catar. Aos 20 anos, chegou a tão sonhada Paralimpíada,  na edição Rio 2016 , mas o resultado não foi o qu

COPA TRIÂNGULO REUNIU GRANDES ATLETAS EM UBERABA

  Realizada no  último domingo (29), em Peirópolis, a  Copa Triângulo Mineiro MTB ,  reuniu mais de 400  atletas,  marcando o retorno das grandes competições em Uberaba, suspensas devido a pandemia do Covid-19. Promovida pela RR Eventos, com apoio da Funel, o  evento que é uma das maiores provas de Mountain Bike do Triângulo Mineiro, contou com disputas em percurso completo de 47 km, nas categorias Masculina e Feminina Elite, Júnior, Sub 23 ao Sub 55 e Dupla Maculina. Já no percurso reduzido com 34 km, nas categorias Juvenil, Over 55, Dupla Mista, Turismo Masculino e Feminina e Peso Pesado. Confira a seguir o pódio da categoria elite: - Masculino : 1º - Nicolas Rafhael Machado (Trinx Brasil Racing Team); 2º - Frederico N. Mariano (Sodbike/Lelin Bikes/Vinculo Imoveis); 3º - Pedro Hillo De Almeida Bertallo (Sodbike/Sabia Digital/Aroeira/Phteam/Racer); 4º - Raphael Mesquita Mendes (Jc Bikes); 5º - Jeovane Junior de Oliveira (Ivan Start Ciclobikeshop);     Foto: Reprodução da internet - F