Pular para o conteúdo principal

Naça define hoje se participará da Terceirona

A diretoria Executiva do Nacional Futebol Clube define nesta noite se o time vai ou não disputar o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão (Terceirona). A decisão será tomada na casa do presidente Salem Ibraim El-Messih. Além dos diretores do clube, foram convidados para participarem desse encontro torcedores, empresários e parceiros.

De acordo com o presidente, o intuito desta reunião é mostrar a realidade do departamento de Futebol do Nacional. “Vou apresentar três propostas para os diretores e abnegados. A primeira é montar um time de Juniores e atletas amadores que vai nos custar R$ 240 mil. A segunda é mesclar atletas profissionais com jogadores da cidade, o que gira em torno de R$ 330 a R$ 350 mil. A terceira é formar um elenco com profissionais, o que custará R$ 480 mil. O que for aprovado hoje, nós iremos fazer. Se nenhuma das propostas for aprovada, não iremos disputar a competição”, explicou Salem. 

Esses supostos valores são oriundos dos custos que a equipe terá durante toda a competição. Isso inclui pagamento de atletas, comissão técnica, despesas com o estádio Uberabão, inscrição de jogadores, transporte, hospedagem e alimentação.  “A diretoria do Nacional convidou aproximadamente 60 pessoas. Espero contar com todas elas na minha casa. Porque eles vão decidir o futuro do Nacional quanto ao futebol em 2012. O que eles decidirem vai acarretar também na contribuição que eles darão por mês”, disse Salem. 

De acordo com o diretor financeiro do Naça, Antônio Carlos de Oliveira, o clube irá agir conforme as finanças. “Tem hora que fico motivado e tem momentos que desmotivo. Isso é o medo de fazer compromisso e depois não ter condições de arcar com as despesas. Mas vamos montar um time de acordo com a arrecadação. Se conseguirmos R$ 10 mil iremos gastar R$ 10 mil. Temos que ter os pés no chão”, contou.  

À frente do departamento de Futebol do Nacional está Luiz Alberto Cecílio, Luiz Alberto Medina, Abdala El-Messih, o presidente Salem e também os integrantes da comissão técnica do time de Juniores, João Paulo e Felipe. A Federação Mineira de Futebol (FMF) informou que os clubes têm até o dia 14 de maio para se inscreverem na Terceirona. Até o momento, apenas o Democrata de Sete Lagoas confirmou participação.  

No ano passado, a Terceirona começou em 6 de agosto e terminou no dia 26 de novembro.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon João Carlos Paranhos Nogueira  é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade.  Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquátic