Pular para o conteúdo principal

Fim do estacionamento nas ilhas irrita empresários de praça

Comerciantes da praça Carlos Gomes estão irritados com a mudança na sinalização realizada pela Secretaria de Trânsito e Transportes (Settrans), nesta quinta-feira. Além da revitalização nas faixas pintadas no asfalto, foram implantadas placas proibindo estacionamento nas ilhas centrais.

De acordo com a empresária Kênia Mara Mendonça de Sá, a proibição está afugentando os clientes, que sem opção de estacionamento, seguem para outros estabelecimentos. “Somente é permitido estacionar do lado das calçadas, mas naquele quarteirão existem muitas garagens, o que diminui as vagas”, ressalta.
Os empresários da região já estão realizando abaixo-assinado com muitas adesões. “Estamos indignados e sem entender a atitude do secretário de Trânsito, pois nunca tivemos problemas aqui com estacionamento”, afirma Kênia.

A reportagem entrou em contato com o subsecretário de Trânsito, coronel Antônio de Souza Filho, que questionou o fato de o movimento no comércio ter caído em um único dia em que a proibição passou a valer. “Acho pouco provável que os comerciantes tenham tido tempo para verificar se houve impacto financeiro, já que a medida foi adotada na noite anterior”, afirmou.

Segundo o coronel, foi feita reunião anteriormente com moradores e comerciantes, que estavam de acordo com as alterações. Na tarde de quarta-feira, equipes da Settrans e da Secretaria de Planejamento (Seplan) estiveram no local e havia disponibilidade de estacionamento em todo o entorno da praça, comenta. “A alteração feita foi uma melhoria no trânsito do local, já que o Código de Trânsito, no Artigo 181, inciso 8º,  proíbe o estacionamento de veículos em ilhas, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pistas de rolamento. O problema é que antes da placa, as pessoas estavam cometendo infração.

O coronel ressalta que a comunidade também reclama dos motoristas de caminhão que param no local para realizar carga e descarga, atrapalhando o trânsito naquela via. “O empreendedor deve disponibilizar estacionamento para os clientes, ele não pode contar que a via pública cumpra esse papel, pois caso contrário, é o interesse particular sobrepondo-se ao público. “As medidas que estão sendo adotadas em Uberaba, para melhorar a sinalização, impedindo que as transgressões que contrariam o Código de Trânsito sejam cometidas, são para que o interesse público sobreponha o particular”, finaliza.   




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon João Carlos Paranhos Nogueira  é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade.  Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquátic