Pular para o conteúdo principal

Tirando a tatuagem

Um famoso ex-neonazista dos Estados Unidos, que comandava movimentos de supremacia branca violentos, terminou de se submeter recentemente a uma série de cirurgias na face que apagaram suas tatuagens, muitas delas de cunho racista. Fotos de Bryon Widner mostrando a evolução do processo foram divulgadas neste final de semana.

Foto: AP/Duke Tribble/cortesia da MSNBC e da Bill Brummel Productions

Widner foi um dos fundadores do grupo de skinheads conhecido como 'Vinlanders', que costumava promover ações violentas.

Arrependido de suas antigas convicções, o pai de dois filhos se mudou com a família para um lugar não divulgado e tentou reconstruir sua vida, mas as tatuagens eram um enorme empecilho para o convívio social e para arranjar emprego. Sua mulher, Julie, que também era uma líder neonazista de referência, diz que chegou a temer que o marido usasse ácido na própria face em desespero.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

UBERABA SE DESTACA NA ETAPA DECISIVA DO REGIONAL DE HANDEBOL

Nesse ultimo final de semana, mais de 500 atletas de Uberaba e região, se reuniram em nossa cidade para a disputa da etapa decisiva da 4ª edição da Liga de Handebol do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba(LHaTMAP),com destaque para o excelente desempenho das equipes Uberabenses.
Classificado para semi-final em todas as categorias disputadas, as equipes da Acevale Handebol/Funel/Uberaba, conquistaram com apoio da torcida no Ginásio da Funel (antigo CEMEA Abadia), os títulos nas categoriasCadete Feminino, Juvenil Feminino e Adulto Masculino e a medalha de bronze no Cadete Masculino, Júnior Masculino e Adulto Feminino. Além do Título Geral da Competição.







Mesmo com a frustração de não participar esse ano da Liga Nacional, o Presidente e Goleiro da equipe Adulta da Acevale Bruno Cruz, acredita que a temporada foi muito importante não só pelos resultados, mas pelo trabalho desenvolvido, principalmente no feminino. "Foi uma temporada difícil, porque tivemos a decepção de não conseguir pa…