Pular para o conteúdo principal

Festival de Cinema reúne várias disputas e mostras

Uberaba sedia mais uma vez, por meio do Sesiminas/Centro de Cultura José Maria Barra, a Mostra Sesi de Cinema - Prêmio Curta-Metragem. Em sua segunda edição, a Mostra faz parte da programação do Festival de Cinema de Uberaba. As atividades do festival estão sendo realizadas desde segunda-feira, mas a abertura oficial foi ontem, no Teatro Sesiminas.

Desde o início da semana as atividades começaram com diversas oficinas. Na abertura do evento houve a apresentação do Quinteto de Cordas, um grupo de Ribeirão Preto, e hoje começa a mostra competitiva. A disputa é pelo prêmio de melhor filme de curta-metragem, com 42 filmes na competição, representantes de oito Estados brasileiros, de 18 cidades, entre elas Porto Alegre e João Pessoa.

“Começa hoje também uma mostra para deficientes visuais, auditivos e uma mostra infantil. Com relação à disputa, foi formada uma comissão de jurados para seleção, que irá escolher o melhor curta, direção, fotografia, edição, trilha sonora e o melhor filme local. Porém, a comunidade também pode escolher o melhor curta. Esta é a novidade, todos que vierem assistir poderão votar”, explica o supervisor de palco e produção da Fiemg, Diogines Alexandre Marques.

Do festival constam as programações da 1ª Mostra do Pontão de Cultura do Triângulo, o 2º Prêmio Sesi de Curta-Metragem, o 14º Festival do Minuto da Uniube (Universidade de Uberaba), além da Exposição Tião Valadares. A mostra começa hoje e vai até sábado, das 19h às 21h, no Teatro do Sesiminas. “Esta é a segunda edição do evento, com certeza iremos atingir um público maior”, afirma o supervisor.

A entrega aos vencedores dos troféus Tião Valadares, cineasta que viveu em Uberaba e morreu em junho passado, será no domingo, às 19h, no Teatro do Sesiminas. O ator Kayky Brito será o mestre-de-cerimônias. Além disso, Diogines ressalta que o evento é gratuito, portanto todos podem participar, e a programação está exposta no site da Fundação Cultural e do Sesiminas.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres