Pular para o conteúdo principal

Festa das crianças atraiu 7 mil pessoas ao Parque das Acácias

Nem mesmo o sol forte de ontem pela manhã impediu que a criançada chegasse bem cedo ao Parque das Acácias para as comemorações do Dia da Criança. Com diversas apresentações artísticas, brincadeiras e alguns serviços de utilidade pública, cerca de sete mil pessoas passaram pelo piscinão. 

Diversas atrações e vários brinquedos fizeram a festa da criançada. Grupos de danças e bandas musicais foi atração do Dia da Criança, além de muitas brincadeiras populares, brincarte, espaço de leitura, pinta-cara, oficinas do Circo do Povo e montagem de bichos com bexigas. As crianças aproveitaram também as piscinas de bolinhas, camas elásticas, castelinhos, kid play, tobogã, pebolim, air game e passeio de trenzinho no entorno do parque.

Além disto, as ações de Educação Ambiental, com a distribuição de 300 mudas de árvores, oficina de reciclagem, exposição de materiais educativos e Caixa Entomológica. Já na saúde, quem passou pelo Parque das Acácias aproveitou para aferir pressão arterial e glicemia, cálculo do Índice de Massa Corporal, orientação nutricional, teste de estresse, adipometria e tipagem sanguínea. Houve também apresentações dos alunos do Programa de Educação de Tempo Integral (Proeti), com judô, capoeira, kung-fu e ginástica artística. E com o forte sol de ontem e temperatura elevada, a distribuição de picolé e xup-xup foi um sucesso. 

De acordo com o secretário de Esporte e Lazer, Carlos Dalberto de Oliveira, o movimento e toda a festa superaram as expectativas. “No ano passado já ficamos surpreendidos com a quantidade de pessoas e este ano, com certeza, foi além do esperado e o atendimento foi melhor que no ano passado”, afirma o secretário.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL