Pular para o conteúdo principal

Estádio JK Casa do Nacional Futebol Clube receberá benfeitorias

Quando a nova diretoria do Nacional assumiu o clube no início deste ano, a maior preocupação era com o setor administrativo. Em virtude das dívidas, este trabalho ainda continua. Entretanto, outras três ações que estão sendo executadas pelos diretores do Naça no segundo semestre chamaram a atenção. 

Com a reforma no estádio Uberabão, que está avaliada em pouco mais R$ 400 mil, não só o Uberaba Sport Club será beneficiado. O Naça, através de uma solicitação formal feita ao diretor da Autarquia Marcelo Rossetti e ao prefeito Anderson Adauto (PMDB), ganhará o sistema de irrigação do estádio. “Quando nós recebemos a informação de que o Uberabão iria receber algumas reformas, o presidente do Nacional, o Salem Ibrahim, procurou autarquia do Uberabão para ganharmos a irrigação. Fizemos o ofício e o prefeito aceitou nosso pedido. Assim que realizar a troca do sistema de irrigação no Uberabão, iremos levar o material para o estádio JK,” afirmou o diretor financeiro do Nacional, Antônio Carlos de Oliveira.

Além da irrigação, parte do gramado do Uberabão será replantado no estádio JK, para que os jogos da Segunda Divisão de Minas Gerais, em 2012, sejam realizados na casa do Naça. “Nossa diretoria está trabalhando com planejamento. Está faltando o alvará do Corpo de Bombeiros. Estamos em um período de adequação. Isso demanda tempo e dinheiro. Mas o objetivo é deixar o estádio JK em condições ideais para Segunda Divisão do ano que vem”, explicou o dirigente.

Quanto ao clube social, a reinauguração estava pré-agendada para o dia 1º de outubro. No entanto, a data foi adiada. “Estávamos prevendo reabrir o clube no primeiro dia do próximo mês. Mas a tinta demorou um pouco e acho que vamos prorrogar a reinauguração. Acredito que fique para o dia 10 ou 15 de outubro”, revelou Antônio Carlos. 

Já o departamento de Futebol do Alvinegro, continua com o trabalho de observação. “O Luiz Cecílio (diretor de Futebol) está obsevando com muita atenção os jogadores da base. O objetivo é observar os atletas da cidade para que no futuro a gente não coloque o time em dificuldades”, concluiu.


Isso mostra que o Naça esta preparando para voltar realmente com força total, o ano que vem para disputar o Campeonato Mineiro 2012........... Vamo Naça

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon

João Carlos Paranhos Nogueira é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade. 
Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquática 14 Bis, …

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - RENATO CALANGO

Por: André Montandon O músico, compositor, poeta, interprete e produtor Renato Calango tem a música em seu DNA.Juntamente com outros talentosos artistas criaram o Movimento Calango. A intenção do Movimento e dos que o vivenciam, é criarem composições musicais em vários estilos diferentes, agregando a maior diversidade de sonoridade possível, buscando uma alta carga de liberdade criativa sem se desligarem das suas ecléticas preferências e influências musicais, culturais, artísticas e ideológicas.Tem a característica de ser uma proposta artístico-musical aberta, na tentativa de realizar as mais diversas parcerias com os mais diferentes tipos de artistas e pensadores, tanto para compor, quanto para produzir e se apresentar ao vivo.Não seguem nenhum estilo musical, mas caminham por vários deles, desde que seja uma proposta artística viável, de bom gosto, harmoniosa ou até mesmo quando estiver fora da “beleza” convencionalmente imposta. Tentam, na medida do possível, se despir de pré-concei…