Pular para o conteúdo principal

Livros da escola Santa Maria foram doados para reciclagem gera revolta entre Cooperativas.....

Volume de livros encaminhados para a reciclagem no início da semana passada pela Escola Municipal Santa Maria pesou 3,7 toneladas, o que teria rendido, considerando preço médio de mercado, algo em torno de R$390. Contudo, segundo revelou o proprietário da empresa que realizou o recolhimento, o material foi doado. A medida gerou reação por parte das cooperativas que realizam a coleta seletiva na cidade.

Na ultima terça-feira, os funcionários da CST (Coleta Seletiva e Transportes) estiveram na escola e recolheram exatos 3.570 quilos de livros, destinados à reciclagem. Mesmo sendo uma empresa privada, que paga pelo material, a CST recebeu os livros como doação.

Segundo o presidente da empresa, Nabi Francisco Gouveia, a empresa não é prestadora de serviço, compra e vende materiais reciclados diversos. “Temos uma movimentação mensal de duas mil toneladas de materiais reciclados por mês, que vem do setor privado ou público”, explica Nabi, ressaltando que o material que recebeu da escola foi doado e será encaminhado a uma indústria de papel em outra cidade. 

Entretanto, a decisão gerou reação dos representantes das cooperativas da coleta seletiva do município Cáritas e Cooperu, que são parceiras da prefeitura. Segundo o presidente da Cáritas, Sebastião Francisco de Freitas, a instituição recebe apenas doações, em que o material recebido é vendido e o dinheiro é repassado a um projeto social de combate à fome e violência, “sendo assim, dependemos dos materiais entregues para manter o projeto”, explica Sebastião. 

Hoje a Cáritas recebe qualquer tipo de material destinado à reciclagem, retirando apenas os orgânicos. No caso dos livros, quando chega à instituição, é feito um serviço de triagem: aqueles que estiverem com boa qualidade são repassados a uma biblioteca, o restante é encaminhado à reciclagem.

Sebastião explica que, caso recebesse doações de livros, o preço estipulado é de R$0,12 o quilo para paginas como a capa, por ser papel cartolina. O papel colorido é vendido pelo valor de R$0,07 o quilo, enquanto o branco, que tem um maior valor agregado, R$0,16 o quilo. Considerando o valor médio pago pelos três tipos de papel, pois os livros são confeccionados com os três tipos de papel, o valor que seria pago à Escola Municipal pela empresa seria de, no mínimo, R$392.

Com este valor seria possível comprar cerca de 10 livros de literatura para o enriquecimento da biblioteca. No caso da Cáritas, Sebastião comenta que a cooperativa teria revertido o valor para uma ação social. “Cada um tem um jeito de pensar, mesmo que seja errado aos olhos da sociedade. Com certeza, esse material seria bem-vindo para nós continuarmos nesta atividade, pois, além de ter um objetivo social, o programa que trabalhamos também é voltado para o ambiental”, explica Sebastião. 

A diretora da Escola Municipal Santa Maria, Valéria Salgado, revelou que apenas fez o pedido à Secretaria de Educação, para que encontrasse a forma mais viável para descartar os livros. Valéria revelou que teve de catalogar todos e a escolha da empresa de coleta seletiva que iria buscar o material ficou por conta da secretaria. 

De acordo com a subsecretária de Educação, Mara Bóscolo, a CST foi contatada por uma sugestão dos funcionários do Departamento Central de Arquivos e Documento, locado na Secretaria de Administração. “Não sabíamos que a empresa era privada, a nossa intenção era somente encontrar uma solução para a escola”, explica a subsecretária.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BLACK PANTERA ANUNCIA EP EM COMEMORAÇÃO AO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Sempre envolvidos com o movimento negro, os integrantes da   Black Pantera aproveitaram uma pausa nas gravações do novo álbum para lançar o EP “Capítulo Negro” , em comemoração ao Dia da Consciência Negra . Eles escolheram três músicas com discurso forte sobre empoderamento e fizeram novas versões; “Identidade” (Jorge Aragão), “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro” (Alexandre Meneses/ Marcelo Lobato/ Marcelo Yuka/ Nelson Meirelles), sucesso do álbum de estreia d'O Rappa e “A Carne” (Marcelo Yuka/ Seu Jorge/ Ulisses Cappelletti), conhecida na voz de Elza Soares. Banda faz releituras para clássicos de Elza Soares, O Rappa e Jorge Aragão. Foto: Divulgação Como as músicas estão ligadas pelo mesmo tema, racismo e luta contra o preconceito, o power trio  uberabense também produziu um curta de 12 minutos dirigido por Leonardo Ramalho da Pajé Filmes, que já fez anteriormente os clipes de “Punk Rock Nigga Roll” e “I Can’t Breathe”, lançado como um protesto inflamado pelo assassinat

ELEIÇÕES 2020: COMO ESCOLHER O MEU CANDIDATO?

As eleições estão chegando!!! É hora de escolher os nossos representantes municipais. Neste momento importante nas nossas vidas é fundamental pesquisar e conhecer melhor quem está concorrendo aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador em nossa cidade.  Para escolher seu representante, é de suma importância identificar os valores relevantes para você e o que você deseja que o político defenda. Vale lembrar que o bem comum é tão importante quanto os seus próprios interesses.  Apresentamos a seguir, algumas ferramentas gratuitas disponíveis na rede para te ajudar a escolher os seus candidatos: ➤ Justiça Eleitoral – www.justicaeleitoral.jus.br   ( Apresenta dados detalhados sobre todos os candidatos que pediram registro à Justiça Eleitoral, suas propostas de governo,  patrimônio declarado,  site do candidato, entre outras  informações) ; ➤ Tem meu voto -  www.temmeuvoto.org    (C onsiderada uma espécie de “Tinder das eleições”, a plataforma a juda o eleitor a escolher candidatos most