Pular para o conteúdo principal

Prefeitura Uberaba quer vender Parque Jacarandá (Bosque) para construção Novo Shopping

O pronunciamento do prefeito Anderson Adauto de que existe a possibilidade de a prefeitura vender a área do Parque Jacarandá, mais conhecido como Bosque, gerou revolta da comunidade, seguida de manifestações. Entretanto, em entrevista ao JORNAL DE UBERABA, o responsável pelo Parque, o biólogo Paulo Cesar Franco, revelou que é preciso fazer uma reforma no local, com adequações, principalmente para os animais, que atualmente infringem a legislação.

Segundo Paulo Cesar, a área é um resquício da Mata Atlântica e ao mesmo tempo com característica de bioma do cerrado. A mata conta com espécies vegetativas centenárias, como o Jequitibá que é uma vegetação nativa, assim como a Canelinha, Maria Preta, Óleo, entre outras árvores que fazem parte do local, e animais é claro. Já a árvore que dá nome ao Parque, o Jacarandá, é uma espécie introduzida – plantada no local.


Em 1966, a área era uma propriedade particular, em que o responsável adequou com animais e plantas, entretanto teve dificuldades para mantê-la e foi cedida à prefeitura. Na década de 90 passou por uma nova adequação, durante o mandato de Hugo Rodrigues da Cunha, em que através de um trabalho voltado para os animais, o zoológico foi reconhecido pelo Ibama.


Paulo esclarece que a área pode ser considerada uma Área de Preservação Permanente (APP), por ter nascentes. Porém, neste caso específico, não respeita a legislação, pois deveria ter uma distância de 50 metros da área urbana, o que não acontece, pois o Bosque é rodeado pelas casas do bairro Vila Olímpica. Questionado se em uma APP pode haver modificações, o biólogo explica que isso não é empecilho no caso de venda ou construções, desde que tenha interesse público.


Porém, muito mais do que questionar sobre a venda ou não da área do Bosque, Paulo alertou para a necessidade de adequações do local. Segundo ele, hoje tudo está fora da legislação, é preciso ter mudanças. “O nosso Zoológico Municipal Parque Jacarandá foi feito da forma inversa, pois os animais têm de se adaptar à vegetação e não o contrário do que normalmente acontece: um zoológico e depois o paisagismo. Os nossos animais são tipos do cerrado, precisam de banho de sol, com a vegetação isso é impossível, pois o sombreamento é constante”, explica Paulo Cesar.


Segundo o biólogo, com a autorização do Ibama já chegou a pedir o corte de 40 árvores para adequação dos animais. Além disso, Paulo alerta para acessibilidade, pois no molde atual é impossível que um cadeirante ou uma pessoa idosa caminhe pelas trilhas do Parque, bem como o estado dos animais, pois hoje é impossível receber mais animais, não tem espaço.


“O prefeito já solicitou um projeto sobre as mudanças, a previsão de gasto é em torno de R$ 800 mil a R$ 1 milhão, o que com certeza, na minha opinião, seria mais viável a construção de um novo zoológico, mais moderno e acessível a todos”, explica Paulo, ressaltando que não questiona a venda da área, mais sim a necessidade de mudanças, principalmente de questões ambientais.


Outra questão levantada foi sobre o barulho, com a construção do shopping irá trazer danos aos animais. Segundo Paulo, ainda não existe nenhum estudo que comprove se isso realmente irá acontecer, mas é confirmado que somente os com passeios e visitações da população já traz danos.

Resposta – Sobre toda essa polêmica gerada, da venda do Bosque, principalmente sobre a valorização da área a partir da construção do shopping o prefeito Anderson Adauto se posicionou mais uma vez. 

 Segundo ele, é preciso esclarecer que a instalação do novo shopping em Uberaba não depende em nada da área do Bosque. “A venda da área foi colocada apenas como uma ideia, e não será uma ação praticada no meu governo. Nossa intenção é deixar o projeto pronto e uma outra área reservada no caso de realmente o Bosque precisar ser transferido, lembrando que já constatamos que aquele não é o local ideal para os animais”, afirma o prefeito.

Além disso, é bom lembrar que para a venda do local não é somente colocar uma plaquinha de “vende-se”. “É preciso respeitar todo um trâmite, como a destituição dos animais. Eles não podem ser colocados em qualquer local, além de ser um processo burocrático e complexo, como a autorização do Ibama”, ressalta Paulo Cesar. 


Em respostas a população com a possibilidade do fechamento do Zoologico, esta fazendo um chamado pela internet como na mesma moeda, para fazer o protesto ;

Cidadãos marcam protesto neste sábado (28) no zoológico local, às 14h. Segundo o organizador do movimento, José Eduardo Reis Ferreira, o objetivo é lutar pela manutenção do Bosque: “É impossível transportar nascente, transplantar árvores de mais de 60 anos, conseguir área de 33 mil metros quadrados de mata nativa, entre outras coisas.”

O movimento está sendo divulgado na rede social Facebook na internet, mais de 100 pessoas vão atender o chamado e outras 1.642 talvez atendam. A maioria dos internautas disseram não saber da situação e mostraram-se chocados com a novidade, muitos fizeram comentários criticando a ação do prefeito Anderson Adauto.


Um dos protestantes se ofereceu para ficar durante seis horas organizando um abaixo-assinado dentro do Bosque e pediu a colaboração do restante.


Segundo o chefe de seção de áreas verdes e arborização da Prefeitura Municipal, Thiago Pires, atualmente o Bosque abriga 130 animais de 35 espécies diferentes entre aves répteis e mamíferos. Ele conta que a população não precisa se preocupar com os animais, estão sendo vistos novos locais para a construção de um novo zoológico e ele promete que caso a mudança realmente seja necessária, o novo local estaria pronto antes de fechar o atual Bosque.


“A mudança seria feita por biólogos, veterinários e todo o pessoal necessário para o serviço. Os animais não serão prejudicados de forma alguma”, afirmou. 


 Veja algumas fotos do local:



  
 

 

Eu acho se tirem o Bosque, de onde está é perigoso não existir um outro Bosque na Cidade nunca mais............. Escreva que eu digo........ Galera vamos ao protesto a Equipe Zebunarede está junto nesta luta.........

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - TUYO

Por: André Montandon Um dos principais nomes da música independente da atualidade, retornou à Uberaba no dia 15 de abril, a convite do Laboratório 96, para um show super especial em comemoração ao 6 anos deste importante espaço cultural, no Teatro Sesi Minas. Mesmo em meio a "turbulência" provocada pela pandemia da Covid-19, Jean Machado e as irmãs Lilian (Lio) e Layane Soares (Lay) , apresentaram ao público em 2021, o seu terceiro álbum  - "Chegamos Sozinhos em Casa", que foi recebido com muito carinho pelos fãs e pela crítica especializada. O reconhecimento deste novo trabalho foi confirmado com indicações ao Prêmio Multishow na categoria “Canção do Ano” com a música “Sonho da Lay” e ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa". Única banda brasileira a integrar o show de abertura do Festival South by Southwest 2022 (SXSW), realizado em março, a Tuyo agora apresenta um novo registro de sua ida a Austin, no Texa

CONQUISTAS UBERABENSES NO ATLETISMO PARALÍMPICO E NO JIU-JITSU

  As feras  José Humberto Rodrigues  (popularmente conhecido como Batata) e  Poliana Sousa  da Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba - ADEFU , conquistaram três medalhas de ouro na  classe  F54 da   2ª  Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo Paralímpico , realizada  nos dias 18 e 19 de junho,  no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo/SP.  Contando com a supervisão do técnico Célio Tavares, Batata sagrou-se campeão no  lançamento de dardo  com a  marca de 23,78m.  Já Poliana, garantiu os títulos no  arremesso de peso e  lançamento de dardo  após atingir as marcas de  13,91m e  5,49m, respectivamente.     Ao todo, foram mais de 200 atletas participantes desta etapa.  Destaque ainda para  a craque Raissa Machado ,  ex-atleta da ADEFU que atualmente defende a IEMA de São Caetano do Sul/SP, que com um arremesso de 23,91m, garantiu a medalha de ouro na classe F56 do lançamento de dardo . A segunda  dela nesta temporada da competição. 🥇  Raissa, Batata, Poli