Pular para o conteúdo principal

UMA BREVE HISTÓRIA DE UBERABA - PARTE 2

Na década de 1870, criadores de Uberaba introduzem o gado zebu no Brasil, trazidos da Índia. Raça que projetou a cidade para o Mundo.

Gado da raça Zebu. Foto: Reprodução internet

Em 1889, chegam a Uberaba, os trilhos da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro. A autorização para prolongar a Mogiana até Uberaba foi dada pelo decreto imperial nº 8.888 de 17 de fevereiro de 1883.

Em 1899, é criado o “Clube Lavoura e Comércio” com o objetivo de defender a lavoura e a pecuária, combatendo os altos impostos e as interferências do novo governo republicano na atividade rural. É lançado o jornal “Lavoura e Comércio” que, em seu primeiro número, ocupando toda sua primeira página, expõe os ideais dos ruralistas do Triângulo Mineiro. O jornal encerrou suas atividades depois de 104 anos de história, por problemas finaceiro. Era o mais antigo jornal de Minas Gerais e o terceiro mais antigo do país ainda em circulação.

Jornal Lavoura e Comércio. Reprodução internet

Em 1905 é inaugurada a energia elétrica na cidade.

Em 1906, começam as exposições de gado bovino. Exposições que foram muito prestigiadas pelo Dr. Getúlio Vargas, nas décadas de 1930 a 1950.

Parque Fernando Costa. Reprodução internet
 
O Doutor Getúlio também almoçava muito na casa do Dr. Mário Palmério, seu colega de PTB, embaixador e grande escritor de Uberaba e fundador da UNIUBE.

Presidente Getúlio Vargas e Mário Palmério 1950. Reprodução internet
Na década de 1940, começam a serem encontrados fósseis de animais pré-históricos na região da antiga Estação de Trem de Peirópolis, do antigo traçado da Companhia Mogiana que passava por Franca-SP.

Por essa época, o antigo distrito de “São Pedro do Uberabinha” passa a se chamar Uberlândia. Uberabenses, bem humorados, começaram a espalhar que Uberaba iria, então, se chamar Uberlandão.

Durante a elaboração da Constituição de 1946, nos debates da Assembleia Nacional Constituinte, o deputado federal mineiro Juscelino Kubitschek propõe a construção da nova capital do Brasil no Triângulo Mineiro.

Fonte: http://madrinhadaserra.com/a-uberaba-do-nosso-tempo e http://homemculto.com/2008/10/28/historia-de-uberaba




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações p…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL