Pular para o conteúdo principal

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: POLIANA SOUSA

 

Neste quarto episódio da série sobre os nossos representantes nos Jogos de Tóquio 2020,  apresentamos um pouco sobre a trajetória de Poliana Sousa.

Foto: Saulo Cruz/Exemplus/CPB

Iniciou a prática esportiva aos 11 anos, passando por várias modalidades do paradesporto: natação, basquete, tênis de mesa e vôlei na Associação do Deficientes Físicos de Uberaba (ADEFU). Começou a competir na natação, mas foi no atletismo onde que se transformou em uma atleta de alto rendimento.

Ostentando inúmeros pódios em Campeonatos Regionais, no Circuito Brasil de Atletismo e Opens Internacionais na classe F54, ela é a atual vice-campeã Parapanamericana no lançamento de dardo. Em Lima-2019, havia conquistado a medalha de bronze na prova, mas, em dezembro de 2020, herdou a prata após a desqualificação por doping da competidora dos EUA. No mesmo ano, foi homenageada com o Tributo Mulher, no lançamento do Memorial do Esporte que homenageou 20 esportistas e personalidades que marcaram a história de Uberaba. 

Poliana é a única mulher a fazer parte deste Memorial. Foto: @polisousaatl

Em 2021, após um ano parada por causa da pandemia, Poliana retornou as competições nas seletivas para Tóquio realizada em São Paulo, alcançando as suas melhores marcas pessoais: 6,27 metros no arremesso de peso e 15,54 no lançamento de dardo, sendo que neste último, estabeleceu o novo recorde brasileiro! O grande resultado, garantiu a nossa guerreira, a vaga a mais uma edição das Paralimpíadas. 

Está seria a sua terceira participação seguida. Mas após a convocação para os Jogos de Pequim-2008, o que seria a primeira Paralimpíada, virou frustração. Já estando em solo Chinês, ela não chegou a competir, pois teve sua classificação funcional alterada, ficando sem índice para a disputa. Chegou a desistir do esporte de alto rendimento, mas deu a volta por cima, e nove anos depois, realizou o sonho na edição Rio 2016,  nas provas do arremesso de peso e no lançamento de dardo. 

Em Tóquio, aos 35 anos de idaderepresentará a nossa cidade e o país novamente nas duas modalidades. "A sensação de representar é enorme. Poder levar o nome do Esporte Paralímpico para o mundo é imensurável, penso que daqui pra frente iremos evoluir muito na cidade de Uberaba com o esporte paralímpico", disse a atleta ao nosso blog.

Feliz da vida com a medalha no Parapan de Lima 2019. Foto: Saulo Cruz/Exemplus/CPB

O atletismo acontece de 26 de agosto a 04 de setembro. Poliana entrará em ação pela classe F54 neste domingo (29) a partir de 22h29 (horário de Brasília), na disputa do arremesso de peso. Já no dia 03 de setembro (sexta-feira) a partir de 21h30, será no lançamento de dardo"Seguimos com foco total aqui. Todo trabalho junto com minha equipe multidisciplinar está sendo feito e foi feito no Brasil", concluiu a confiante atleta.

BOA SORTE POLIANA! ESTAMOS NA TORCIDA!

Siga o zebunarede também pelas redes sociais:

Facebook: zebunarede.com

Instagram: @zebunarede

Youtube: zebunarede

Twitter: @zebunarede

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - TUYO

Por: André Montandon Um dos principais nomes da música independente da atualidade, retornou à Uberaba no dia 15 de abril, a convite do Laboratório 96, para um show super especial em comemoração ao 6 anos deste importante espaço cultural, no Teatro Sesi Minas. Mesmo em meio a "turbulência" provocada pela pandemia da Covid-19, Jean Machado e as irmãs Lilian (Lio) e Layane Soares (Lay) , apresentaram ao público em 2021, o seu terceiro álbum  - "Chegamos Sozinhos em Casa", que foi recebido com muito carinho pelos fãs e pela crítica especializada. O reconhecimento deste novo trabalho foi confirmado com indicações ao Prêmio Multishow na categoria “Canção do Ano” com a música “Sonho da Lay” e ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa". Única banda brasileira a integrar o show de abertura do Festival South by Southwest 2022 (SXSW), realizado em março, a Tuyo agora apresenta um novo registro de sua ida a Austin, no Texa

CONQUISTAS UBERABENSES NA PETECA, KARATÊ E HANDEBOL

  Neste sábado (04), o grande  Reginaldo Damião  sagrou-se campeão na categoria Kumite - classe Master (41 a 50 anos) 75 kg+, da etapa final do Campeonato Mineiro de Karatê , realizado em Araguari/MG. Um título de superação do atleta, após passar por uma grave lesão no braço. Com a conquista da medalha de ouro, Damião classificou-se para o Campeonato Brasileiro que será realizado em dezembro, em Caucaia/CE.  Foto:  facebook.com/reginaldodamiao Já no domingo (05) em Rio Verde/GO, a fera  Douglas Silva conquistou ao lado Delgado e Rafael, a categoria adulto (1ª classe) da  Copa do Brasil de Peteca , superando por 2 sets a 0 (25/22, 25/16) a jovem dupla Fernandinho e Luan. Em seguida, foi a vez de seu pai José Adolfo  que baixo de categoria (atleta 60+), garantir ao lado de Ricardo Moído e Adalto, o título da categoria 50+.  Pódio  da categoria adulto (1ª classe) à esquerda. Douglas e seu pai José Adolfo à direita.  Foto:  facebook.com/douglassilva Ainda no domingo, Uberaba foi palco da L