Pular para o conteúdo principal

JOÃO MENEZES É SUPERADO EM SUA ESTRÉIA NA COPA DAVIS


Responsável em abrir as disputas dessa rodada da competição, o campeão dos Jogos Pan-Americano, o  uberabense João Menezes, começou bem o seu jogo de estréia na Copa Davis. Mas, acabou sendo superado por Darian King, principal tenista de Barbados e atual nº 167 do ranking da ATP, de virada, por 2 sets a 1, em 2h37min de partida.



O Jogo. Contando com o apoio da torcida que marcou presença na quadra da Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma/SC, o atual número dois do Brasil e 194 do mundo, dominou as ações desde o inicio do jogo, chegando a abrir 5 a 1 de vantagem. Quando o seu adversário esboçou uma reação, João confirmou o set em 6 a 3

No set seguinte, foi King que se saiu melhor, abrindo 4 a 1 de frente. João voltou ao jogo ao empatar a disputa em 4 a 4. Mas King, que queria seguir vivo no duelo, marcou os dois pontos seguintes (sendo o 10º game, o mais disputado de toda a partida, tendo o brasileiro diversas oportunidade em fecha-lo) fechando o set em 6 a 4.

No 3º e decisivo set, King, mesmo sofrendo com dores que o obrigavam a solicitar o apoio da equipe de fisioterapia, continuou melhor, abrindo 4 a 1 de vantagem. O brasileiro tentou encostar no placar, diminuiu a diferença em 4 a 2. Mas hoje, era o dia era de Darian King, que seguiu pontuando para fechar o set em 6 a 2 e marcar o primeiro ponto para a Seleção de Barbados na série melhor de cinco jogos, validos pela Zonal Americano do Torneio.

Um fato curioso desse jogo, foram as diversas bolas de ambos os atletas que não passaram da rede.  

O Brasil tentará o empate no segundo jogo do dia, entre o Thiago Monteiro (atual número 1 do país e 101º do mundo) contra Haydn Lewis. Já no sábado, a partir das 11h,  acontece a partida de duplas entre Marcelo Melo e Bruno Soares x Darian King e Haydn Lewis. À tarde, Thiago Monteiro enfrenta Darian King, e se necessário, ocorre uma quinta partida entre João Menezes x Haydn Lewis para definir o país que garante vaga para a fase classificatória, a ser disputada em fevereiro de 2020.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

UMA BREVE HISTÓRIA DE UBERABA

O povoamento da região de Uberaba teve início, no final do século XVIII, com sesmarias concedidas pela Capitania de Goiás, entre elas, a Fazenda das Toldas, ainda existente, concedida a Tristão de Castro Guimarães, e as Fazendas Santo Inácio, Ponte Alta e Bebedouro, concedidas, em 1799, ao Tenente Joaquim da Silva e Oliveira, irmão do Sargento-Mor Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira, todas estas fazendas situadas ao sul da atual Uberaba.

O povoado de Uberaba, foi fundada, em 1809, pelo sargento-mor comandante da Companhia de Ordenanças do Distrito do Julgado do Desemboque da Capitania de Goiás, Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira.
A primeira casa de Uberaba, construída pelo Sargento-Mor Antônio Eustáquio, localizava-se na atual esquina da Praça Rui Barbosa com a Rua Artur Machado, do lado esquerdo de quem desce a rua Artur Machado.

Uberaba surgiu pela migração de familias que deixaram as já esgotadas regiões produtoras de ouro, porém fracas para agricultura, da Capitania d…