Pular para o conteúdo principal

ESTRÉIA DOS UBERABENSES ERCICLEIDE E JOSÉ CARLOS NA BOCHA NO PARAPAN


Na tarde dessa quinta-feira (29), teve inicio nos Jogos Parapan-Americanos em Lima, no Peru, a disputa da bocha com a participação de dois atletas uberabenses, Ercileide Laurinda da Silva e José Carlos Chagas de Oliveira. 

O primeiro a entrar em ação, foi o atual campão individual e por equipe, José Carlos Chagas, pelo grupo A da classe BC1, tendo pela frente o mexicano Eduardo Ventura. O adversário liderou o jogo desde o começo, José Carlos tentou uma reação ao diminuir o placar em 3 a 1. Mas, Eduardo Ventura marcou novamente, fechando a partida em 4 a 1. O brasileiro, volta ao ginásio nessa sexta-feira, para  enfrentar o chileno Germán Calderón em sua ultima partida pela chave individual.


Em seguida, foi a vez, de Ercileide Laurinda estrear pela Grupo D da classe BC4, contra Wilson Theoplhilus de Bermudas. A brasileira foi superior desde o inicio do confronto, chegando a abrir 5 a 0. Wilson reagiu diminuindo a diferença em 3 pontos. Mas, Ercileide manteve o controle para ampliar o placar e fechar a disputa em 9 a 2. Na segunda rodada, realizada esse noite, a uberabense encarou a colombiano Duban Cely. O adversário saiu na frente com 2 a 0, mas Ercicleide empatou a partida. Em seguida Duban fez 5 pontos, e Ercicleide só 1. Confirmando assim a vitória dele pelo placar de 7 a 3.  Mas nada de desanimo, pois amanhã tem mais! Ercicleide encara o mexicano Eduardo Ruiz em sua ultima partida pela chave individual.


A seleção brasileira conta ainda no Staff da modalidade, com a uberabense Hindielle Andrade

Seguimos na torcida!! Vamos apoiar os nossos atletas nesse desafio. O Parapan tem transmissão pela canal por assinatura SporTV 2 e pelo site www.lima2019.pe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL