Pular para o conteúdo principal

2º DIA BEM AGITADO PARA OS UBERABENSES ERCILEIDE E JOSÉ CARLOS NO PARAPAN 2019


Em partida realizada na manhã dessa sexta-feira pelo Grupo A - classe BC1, o atual campeão o José Carlos Chagas, venceu o chileno Germán Calderón, pelo placar de 6 a 0, pois o adversário não compareceu para o confronto. Com a vitória e a definição dos outros grupos, o brasileiro se classificou para semifinal onde enfrentou o seu algoz da Primeira Fase, Eduardo Ventura. Mas dessa vez, José Carlos não deu chance para o mexicano, garantindo a vaga na final com o placar de 6 a 0. A defesa do titulo Parapan-Americano nessa modalidade será nesse sábado contra outro mexicano, Eduardo Sanchez. 

Mais tarde, foi a vez de Ercileide Laurinda, encarar o mexicano Eduardo Ruiz em sua ultima partida pelo Grupo D, classe BC4. E ela se deu bem. O inicio foi equilibrado, a brasileira chegou a estar atrás do placar (3 a 2), mas em sua ultima jogada, marcou 5 pontos, fechando o jogo em 7 a 3. Carimbando assim, a vaga para as quartas de finais, para enfrentar o canadense Marco Dispaltro. O adversário saiu na frente com 2 a 0; Ercileide diminuiu a diferença em 1 ponto; Na sequência, mais 1 ponto para o canadense. Em seu ultimo e decisivo lance, a uberabense conseguiu apenas mais 1 ponto, o que não foi suficiente para reverter o resultado. Sendo eliminada da disputa da modalidade individual pelo placar de 3 a 2.


Além da final no individual, José Carlos disputa nesse final de semana a modalidade por equipes -  classe BC1/BC2 junto com Natali, Maciel e Guilherme. Já Ercileide, volta a competição na modalidade de pares - classe BC4 ao lado dos irmãos Eliseu e Marcelo.

Estaremos antenados para divulgar todos os resultados dos nossos atletas nessa edição do Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019.  E você pode acompanhar a competição ao vivo pelo SporTV 2 e pelo site www.lima2019.pe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL