Pular para o conteúdo principal

BRASIL SOFRE, MAS SUPERA MURALHA POLONESA


A seleção entrou em quadra com a torcida confiante em uma jogo tranquilo e de vários gols. Mas, a realizada foi bem diferente e o brasil suou a camisa para conquistar a vitória de 3 a 1 sobre a forte seleção da polônia.

Comemoração do gol do Pivô Rocha. Fotos: Ricardo Artifon/CBFS
O JOGO:

1º Tempo - A partida começou bem equilibrada e um personagem foi fundamental para isso, o grande goleiro Polonês, que praticamente fechou a meta realizados diversas defesas. Aos 7 minutos do primeiro tempo, Renatinho carregou a bola e arriscou de longe para a bela defesa do goleiro adversário. A Polônia levou perigo ao gol brasileiro em boa troca de passes, mas o experiente goleiro Guitta praticou uma grande defesa e no rebote a Polônia carimbou a trave. Em cobrança de falta  ensaiada da Polônia, Guitta fechou o gol mais uma vez. No contra ataque, Renatinho esperdiçou uma change de abrir o placar ao tentar driblar o goleiro. Mas, o Pivô Rocha (convocado na vaga do craque Falção) chamou a responsa e abriu o placar em um chute cruzado, levantando a galera no ginásio. A seleção ainda teve mais uma oportunidade que foi evitada pela ponta dos dedos do goleiro europeu.

2º Tempo - Logo na volta do intervalo, o ala Polonês lançou um "foguete" que explodiu na trave. Na sequencia só deu Brasil, com Rodrigo ao 4 minutos, arriscando de longe; depois Douglas e Felipe aos 6min30s, e Bateria em bela jogada individual tentaram ampliar o placar, sendo bloqueados pela muralha adversária. Em seguida, um SUSTO, chute cruzado da polônia, Rodrigo tenta cortar e a bola acaba encobrindo Guitta e vai para fundo do gol - 1 a 1. O gol animou os europeus que vieram pra cima. Mas Rodrigo, não quis estragar a noite e com um belo chute de fora da área, desempatou  partida. A POLÔNIA FOI PARA O TUDO OU NADA - colocou o goleiro linha - ficou vulnerável - e em uma interceptação de bola, Gleidson, fechou o placar com um belo gol do campo de defesa, levando a torcida ao delírio.

No final da partida, batemos um papo com o Pivô Rocha e o Ala Leandro Lino. Confira:




As duas seleções voltam a se enfrentar nesse domingo às 10h no Centro Olímpico de Uberaba. E você não pode ficar de fora. Compareça e ajude a seleção conquistar mais uma vitória.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEXTA DO TEATRO APRESENTA FESTIVAL DE ESQUETES ONLINE

  O coletivo  Sexta do Teatro promove  Festival de Esquetes Online , com a participação dos sete grupos integrantes do coletivo: Circolando Iniciativas Artísticas, Grupo Todo Um de Teatro, Cor de Yabá, Trupe Doom, Clownqueruma Cia, Grupo Tramoya de Teatro e AnaArty.  Cada grupo apresentará uma esquete teatral com a temática “distanciamento social” com duração entre 7 a 15 minutos. Os episódios serão lançados diariamente pelo Instagram. Todos os vídeos contarão com uma versão com intérprete de Libras e audiodescrição. Será promovida também uma live, com o grupo responsável pela esquete do dia, para um bate-papo com o público.  O projeto é idealizado e produzido por Luana Rodrigues e conta com uma equipe de multiprofissionais da cidade, além dos 7 grupos participantes.  Esse projeto foi aprovado na Lei Aldir Blanc, edital 003 da cidade de Uberaba.  Mais informações acesse  www.instagram.com/sextadoteatro.uberaba/ PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL: 16/04/2021 - "As Luzes do Palhaço” – Circola

LAB 96 APRESENTA PROJETO CASA DE SHOWS

Entre os dias 16 e 24 de abril, o Laboratório 96 , apresenta em seu canal no Youtube , o projeto Casa de Shows,   viabilizado através da Lei de Emergência Cultural, Aldir Blanc. Foram selecionados cinco atrações dos mais diversos gêneros musicais, em sua maioria mulheres. A equipe conta com o coletivo audiovisual Moviola, também formado por mulheres com o objetivo de fortalecer cada vez mais o espaço das mulheres que atuam no mercado da música. A estreia do projeto fica por conta de Salma e Mac, casal fundador do Carne Doce, uma das principais bandas da cena independente brasileira, que apresentará nesta sexta-feira às 20 horas, um show em formato acústico e intimista, com as canções mais sensíveis da banda, além de composições inédita diretamente da sala da casa deles em Goiânia. O Laboratório 96 é um espaço cultural dedicado à música independente brasileira, e em seus cinco anos de história promoveu mais de 200 shows de artistas locais e do mundo. Mais informações com Letícia Rezende