Pular para o conteúdo principal

BRASIL SOFRE, MAS SUPERA MURALHA POLONESA


A seleção entrou em quadra com a torcida confiante em uma jogo tranquilo e de vários gols. Mas, a realizada foi bem diferente e o brasil suou a camisa para conquistar a vitória de 3 a 1 sobre a forte seleção da polônia.

Comemoração do gol do Pivô Rocha. Fotos: Ricardo Artifon/CBFS
O JOGO:

1º Tempo - A partida começou bem equilibrada e um personagem foi fundamental para isso, o grande goleiro Polonês, que praticamente fechou a meta realizados diversas defesas. Aos 7 minutos do primeiro tempo, Renatinho carregou a bola e arriscou de longe para a bela defesa do goleiro adversário. A Polônia levou perigo ao gol brasileiro em boa troca de passes, mas o experiente goleiro Guitta praticou uma grande defesa e no rebote a Polônia carimbou a trave. Em cobrança de falta  ensaiada da Polônia, Guitta fechou o gol mais uma vez. No contra ataque, Renatinho esperdiçou uma change de abrir o placar ao tentar driblar o goleiro. Mas, o Pivô Rocha (convocado na vaga do craque Falção) chamou a responsa e abriu o placar em um chute cruzado, levantando a galera no ginásio. A seleção ainda teve mais uma oportunidade que foi evitada pela ponta dos dedos do goleiro europeu.

2º Tempo - Logo na volta do intervalo, o ala Polonês lançou um "foguete" que explodiu na trave. Na sequencia só deu Brasil, com Rodrigo ao 4 minutos, arriscando de longe; depois Douglas e Felipe aos 6min30s, e Bateria em bela jogada individual tentaram ampliar o placar, sendo bloqueados pela muralha adversária. Em seguida, um SUSTO, chute cruzado da polônia, Rodrigo tenta cortar e a bola acaba encobrindo Guitta e vai para fundo do gol - 1 a 1. O gol animou os europeus que vieram pra cima. Mas Rodrigo, não quis estragar a noite e com um belo chute de fora da área, desempatou  partida. A POLÔNIA FOI PARA O TUDO OU NADA - colocou o goleiro linha - ficou vulnerável - e em uma interceptação de bola, Gleidson, fechou o placar com um belo gol do campo de defesa, levando a torcida ao delírio.

No final da partida, batemos um papo com o Pivô Rocha e o Ala Leandro Lino. Confira:




As duas seleções voltam a se enfrentar nesse domingo às 10h no Centro Olímpico de Uberaba. E você não pode ficar de fora. Compareça e ajude a seleção conquistar mais uma vitória.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - INSURGÊNCIA SERTANEJA

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Formada por Jéssica Carvalho (violão e voz), João Chiaratti (percussão, viola e voz), Karine Rodrigues (violino e voz), Maycol Mundoca (alfaia e voz) e Pedro Calota (percussão, violão e voz), a Insurgência Sertaneja é uma banda de música autoral uberabense, que trabalha os diversos ritmos melódicos e poéticos do sertão. Em uma mistura de música e poesia, a banda faz releituras de ritmos essencialmente brasileiros, fazendo uma viagem aos sertões através de ritmos como o baião, o carimbó, o congado, a moda de viola e o cordel em busca de desmistificar o sertanejo. 
Mesmo com pouco tempo de carreira, a Insurgência Sertaneja já levou a sua arte para diversas cidades do país, em festivais e eventos, dividindo palco com grandes nomes da musica brasileira.  Além do lançamento do álbum de estreia, "Meu sotaque, minha sina", em 2017.  Agora, o "bando" (como eles mesmos denominam),  prepara um super show cheio de novidades, no dia 18 …

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL