Pular para o conteúdo principal

RIO DE JANEIRO CHEGA TRANQUILO E FAVORÁVEL NA FINAL


Com tranquilidade e sem perder o controle do jogo, o Rexona/Sesc/Rio de Janeiro domínio o duelo entre as campeãs nacionais e fez 3 sets a 0 (parciais de 25/10, 25/6 e 25/16), no Villa Dora (ARG), pela semifinal do Sul-Americano interclubes de vôlei feminino.

No inicio, parecia que as argentinas iriam engrossar o jogo, mas só aparentemente. Mesmo depois de abrir com 2 a 1, as hermanas não conseguiram mais ficar a frente do placar. A equipe brasileira caprichou nos saques que desmontaram a defesa argentina. E quando o Villa Dora tentava o contra ataque, estava lá o bloqueio para impedir. E sem muitas dificuldades fecharam o set em 25 a 10. O segundo set então, foi um passeio, com vitória do Rio de Janeiro por 25 a 6.

Ataque potente da ponta Gabi. Foto: Equipe zebunarede

No 3º set, a equipe argentina saiu na frente de novo; ponto a ponto o Rio conseguiu a virada em 13 a 12, o suficiente para que a técnica do Villa pedisse tempo. Mas não adianto, pois do outro lado da rede estava a central Juciely, a maior pontuadora da partida, com 12 pontos, que chamou o jogo e agitou a equipe para fechar o placar em 25 a 16, e colocar um ponto final no duelo.

Bernardinho passando instruções na parada técnica. Foto: Equipe zebunarede
No final da partida, conversamos com o técnico Bernardinho e com a atleta Gabi Guimarâes:


Com a vitória, a equipe de Bernardinho chega em mais uma final do Sul-Americano e tenta o quarto título. O Villa Dora disputará o terceiro lugar. As duas partidas serão neste sábado, na Arena Praia, em Uberlândia. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DA SÉRIE: A ARTE EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS (PARTE VIII) 🎨😅

  🖼Obra original: "Mona Lisa" de Leonardo da Vinci. #arteemtemposdecoronavírus #arte #monalisa #prevenção #vaipracasa #ficaemcasa #covid19 #xocoronavirus #isolamentosocial #quarentena #juntossomosmaisfortes #zebunarede

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MANÉ GALINHA

  Por: André Montandon Em uma mistura perfeita de ritmos baseada na herança afro ao redor do mundo, que une pop, axé, funk, samba, rock, disco, soul, R&B e groove, o  Mané Galinha (nome em referência ao famoso personagem do filme Cidade de Deus), criou um estilo próprio e um repertório vasto, com a identidade e diversidade exata, proporcionando ao público um clima envolvente de festa, alegria e celebração. Além das canções, hits e clássicos da cultura Black Music. A versatilidade também é uma marca do grupo. Que desenvolveu diversos formatos para atender a todos os gostos e os mais diversos eventos. Em comemoração aos 4 anos de estrada, estão lançando nesta sexta-feira (19), o seu primeiro EP - intitulado de "Pra Elas". Aproveitando esse momento especial da banda, batemos um papo com eles para saber um pouco mais da trajetória, do EP e das novidades. Confira 😉 - Para iniciar, vamos falar sobre a trajetória do grupo. Sua formação, principais referências músicas, como tud