Pular para o conteúdo principal

RIO DE JANEIRO CHEGA TRANQUILO E FAVORÁVEL NA FINAL


Com tranquilidade e sem perder o controle do jogo, o Rexona/Sesc/Rio de Janeiro domínio o duelo entre as campeãs nacionais e fez 3 sets a 0 (parciais de 25/10, 25/6 e 25/16), no Villa Dora (ARG), pela semifinal do Sul-Americano interclubes de vôlei feminino.

No inicio, parecia que as argentinas iriam engrossar o jogo, mas só aparentemente. Mesmo depois de abrir com 2 a 1, as hermanas não conseguiram mais ficar a frente do placar. A equipe brasileira caprichou nos saques que desmontaram a defesa argentina. E quando o Villa Dora tentava o contra ataque, estava lá o bloqueio para impedir. E sem muitas dificuldades fecharam o set em 25 a 10. O segundo set então, foi um passeio, com vitória do Rio de Janeiro por 25 a 6.

Ataque potente da ponta Gabi. Foto: Equipe zebunarede

No 3º set, a equipe argentina saiu na frente de novo; ponto a ponto o Rio conseguiu a virada em 13 a 12, o suficiente para que a técnica do Villa pedisse tempo. Mas não adianto, pois do outro lado da rede estava a central Juciely, a maior pontuadora da partida, com 12 pontos, que chamou o jogo e agitou a equipe para fechar o placar em 25 a 16, e colocar um ponto final no duelo.

Bernardinho passando instruções na parada técnica. Foto: Equipe zebunarede
No final da partida, conversamos com o técnico Bernardinho e com a atleta Gabi Guimarâes:


Com a vitória, a equipe de Bernardinho chega em mais uma final do Sul-Americano e tenta o quarto título. O Villa Dora disputará o terceiro lugar. As duas partidas serão neste sábado, na Arena Praia, em Uberlândia. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo" , contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta" , com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apres