Pular para o conteúdo principal

Feira do Livro tem mais de 3 mil exemplares em exposição no calçadão

Com mais de três mil livros, está sendo realizada no calçadão da rua Artur Machado a segunda edição da Feira do Livro. Estão expostos vários tipos de livros, com preços acessíveis e possibilidade de troca. A feira, que começou ontem, será realizada até sábado (11), das 8h às 20h.

As primeiras edições da feira foram realizadas em 2010, houve uma interrupção, mas as atividades foram retomadas este ano, sendo promovidas nos primeiros dias do mês. Um evento que agora conta com o apoio da Fundação Cultural, além de outras 15 entidades sindicais. O objetivo é popularizar o livro, movimentando o mercado e oferecendo descontos atrativos. Os livros podem ser adquiridos por R$1 a R$30 e ainda existe a possibilidade de troca de gêneros.

De acordo com um dos organizadores, J. Claudio, nesta edição da feira, assim que foram instaladas as tendas e os livros foram expostos, começaram a aparecer as primeiras pessoas interessadas em comprar um exemplar. “Isso mostra que existem pessoas que gostam de ler, é necessário apenas incentivá-las. Nas ultimas edições muitas pessoas compraram livros e o movimento é grande durante os dias em que estamos instalados no calçadão. A nossa intenção é fazer com que o hábito de ler retome na cidade. Dizem que o povo não gostar de ler, isso não é verdade, pois a quantidade de pessoas que participa da feira mostra o contrário”, explica o organizador, ressaltando que no início era apenas uma tenda e agora já são duas.

Ainda segundo Cláudio, estão expostos cerca de três mil livros, muito bem conservados, de todos os gêneros literários, que agradam desde crianças até os mais assíduos e exigentes leitores. Os livros estão distribuídos em 60 bancadas, para facilitar o acesso à leitura e o manuseio das obras. Todo esse acervo foi adquirido por doações, trocas e alguns comprados (interessados em doar, basta ligar no numero 8879-9413). “O dinheiro que arrecadamos com a feira serve para comprar novos exemplares e manter a estrutura”, afirma Cláudio, lembrando que a Fundação Cultural ajuda com a autorização do espaço e ainda com as tendas.

No sábado, último dia do feirão, o evento também contará com intensa programação cultural, como apresentação de capoeira, teatro e músicas. “Na feira passada, em abril, mais de cinco mil pessoas frequentaram o local. Nossa expectativa é de que milhares de pessoas passem pela feira a partir desta terça."



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - YSAAC & K.OLIVER

  Por: André Montandon Parceiros de longa data, Ysaac e K.Oliver seguem como eles mesmos dizem: "contrariando as estatísticas". Com muita luta, força, foco e fé, a dupla desenvolve o seu trabalho. E podemos dizer que já são referências em Uberaba e região. Além da carreira solo, eles participam de outros projetos ao lado de feras da cena local, com a Família BMX. Sempre em constante movimento, eles lançaram no mês de maio, o álbum que carrega em seu título o lema da dupla  "Contrariando as Estatísticas", produzido e gravado em São Paulo, conta com vídeo clipe em todas as faixas. Aproveitando o lançamento, batemos um papo com eles. Confira a seguir: - Para começar a nossa entrevista, gostaríamos de saber um pouco mais sobre o processo de produção/gravação do novo álbum? Ysaac/K.Oliver -  Salve família. Máximo Respeito. O processo de produção e gravação do nosso álbum ele veio com muita luta e muita história porque algumas músicas deste álbum duas ou três músicas eu

UBERABENSES SÃO CONVOCADOS PARA AS PARALÍMPIADAS DE TÓQUIO

  Ercileide da Silva , José Carlos Chagas e Poliana Sousa  da Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba - Adefu, foram convocados  pelo Comitê Paralímpico Brasileiro - CPB  na tarde desta terça-feira (6), para os  Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 . Ercileide e Zé Carlos competem pela classe BC4 e BC1  da bocha, respectivamente. Já Poliana pela classe F54 do lançamento de dardo. Foto:  @funel.uberaba Não poderíamos deixar de destaque também, a convocação da uberabense e ex-paratleta da Adefu, Raissa Rocha Machado . Que hoje integra a equipe do Instituto Elisângela Maria Adriano -  IEMA   , de São Caetano do Sul-SP. Raissa é atleta da classe F56 do lançamento de dardo. Foto:  @raissarochamachado Foram ao todo 253 convocados, maior delegação brasileira para uma edição dos Jogos fora do Brasil. O número só é superado pela participação nos Jogos Rio 2016, já que o Brasil garantiu vagas em todas as modalidades por ser país sede e contou 286 atletas no total. Os Jogos de Tokyo 2020, ser