Pular para o conteúdo principal

Leopoldino recebe recapeamento e trânsito tem segunda de caos

Mais um trecho da avenida Leopoldino de Oliveira foi recapeado ontem e o serviço provocou diversos problemas ao trânsito no centro da cidade. Depois de concluídas as obras do projeto Água Viva em alguns locais, teve continuidade o recapeamento da via. Desta vez o serviço foi realizado entre as ruas Major Eustáquio e Segismundo Mendes. No local foi distribuída massa asfáltica para rejuvenescimento do pavimento. Durante a intervenção o trânsito foi interditado e alguns comerciantes temeram a retomada dos transtornos gerados durante o período em que foi realizada a obra. No período da tarde os transtornos foram maiores.

De acordo com a comerciante Cheila Regina Gomes, foram seis meses de muito incômodo, período em que foi realizada a obra de drenagem pluvial na região central da avenida. “Tivemos problemas com as vendas, que caíram bastante, além da sujeira que tomou conta da loja. E hoje me assustei na hora que vi a avenida sendo interditada novamente, espero que seja um serviço rápido, pois não podemos mais passar por aquele incômodo, que na verdade ainda não resolveu o problema com as enchentes”, explica Cheila.

Entretanto, o serviço foi concluído ontem mesmo, mas em horário posterior ao divulgado, que era 15h. Houve ainda a promessa de que seria fechada apenas uma faixa de circulação, o que aconteceu somente no período da manhã. Mesmo com a presença da Guarda Municipal, a obra não evitou que se formassem congestionamentos em diversas ruas da área central da cidade, entre elas, Major Eustáquio, Coronel Manoel Borges, Santos Dumont, Governador Valadares, a própria Leopoldino de Oliveira e ainda a Fidélis Reis.

Começou ontem também outra frente de obra que causa intervenções no trânsito na Guilherme Ferreira. Trata-se das obras de macrodrenagem do projeto Água Viva, que fecha a avenida entre as ruas Carlos Rodrigues e a Floriano Peixoto. Somente está permitido trânsito local na rua Paulo Pontes, no trecho entre as ruas Santo Antônio e do Carmo.

Já em relação à microdrenagem, as obras de ampliação das redes coletoras de água de chuva, há uma frente localizada na rua Coronel Randolfo Borges, entre a avenida Leopoldino de Oliveira e a rua Governador Valadares. Esta intervenção de microdrenagem será dividida em três etapas.


fonte: www.jmonline.com.br

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - BOOGARINS

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Benke, Dinho, Raphael e Ynaiã, estão de volta à Uberaba, para uma super apresentação de lançamento do 4º álbum de estúdio da Banda, intitulado "Sombrou dúvida". Nesse sábado, a partir das 21h, no espaço mais decolado da cidade, o Laboratório 96. O disco lançado oficialmente nessa sexta-feira, terá distribuição mundial pelo selo Overseas Artists, e traz 10 faixas inéditas - disponíveis nas principais plataformas digitais. Antes do lançamento oficial, o grupo disponibilizou  3 faixas do álbum, "Sombra ou Dúvida", "Invenção" e "Tardança", criando uma grande expectativa nos fãs por esse novo trabalho.  Podemos dizer sem duvida, que será o melhor álbum da carreira da Banda até o momento. E é claro, que não poderíamos perder a oportunidade de bater um papo novamente com a banda.  Confira a nossa entrevista:
- Os singles do novo Álbum "Sombrou dúvida", lançado recentemente, da o tom do que está por vir. …

UBERABENSES POLIANA E RAISSA SOBEM AO PÓDIO NOS JOGOS PARAPAN-AMERICANOS 2019

Uma quarta-feira mais que especial para as uberabenses Poliana Sousa e Raissa Machado. Que após participarem da prova de arremesso de peso (Poliana 9ª colocada) e arremesso de disco (Raissa 4ª colocada), modalidades que não é o forte delas, conquistaram medalhas para o Brasil nos Jogos Parapan-americanos em Lima, no Peru.

Poliana Sousa, conquistou um grande resultado na categoria F54 do Lançamento de Dardo. A prova ocorreu inicialmente na segunda-feira dia 26, mas devido a erros na aferição das marcas, foi anulada e realizada novamente nessa quarta. Mesmos com dores, Poliana repetiu a dose, confirmando o pódio com um arremesso que atingiu 14 metros. Encerrando assim, a sua primeira participação no Paran, com a conquista da medalha de bronze. Em conversa com a nossa equipe, a atleta não escondia a sua alegria e emoção. "Super, Hiper, Mega importante participar dessa competição. Dentre todos os contratempos que aconteceu, minha prova anulada. Hoje, no decorrer da minha ida (a compe…