Pular para o conteúdo principal

Naça empata no fim em 1 x 1

Fechando a segunda rodada da segunda fase da Terceirona do Mineiro, o Nacional empatou com o Minas, 1 x 1, na noite desta segunda-feira, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. A equipe anfitriã saiu na frente, e o clube uberabense arrancou o empate aos 41 minutos do 2º tempo.

Com o resultado, o Naça fica em segundo lugar no Grupo E, com dois pontos, igual ao Valeriodoce em todos os critérios de desempate. O Guaxupé é o líder, com quatro pontos, e o Minas é o quarto colocado, com um ponto.

O Alvinegro da Rodovia volta a campo no próximo domingo, de novo fora de casa, enfrentando o Guaxupé.

O jogo – O Nacional entrou com o mesmo time da partida anterior, exceto na meta. Tiago deu lugar ao recém-chegado Rafael, por opção do técnico Érick Moura. O novo titular apareceu bem nas vezes em que foi exigido.

No primeiro tempo, o Elefante teve um pênalti a seu favor, porém, a arbitragem não marcou. Pelezinho fez jogada individual e foi calçado na área. Falta clara.

Na etapa complementar, jogo aberto, com boas chances para os dois lados. Aos 20 minutos, o João-de-barro abriu o placar. Alex recebeu de Gedeon na direita e cruzou para Marinho, que chegou antecipando e guardou.

Em desvantagem, o treinador alvinegro mudou. Colocou Pitbul, Guma e Chitão. O time de JK pressionou e conseguiu o empate no fim. Guma aproveitou bola da esquerda e mandou pra dentro.

Análise – Depois da partida, o técnico Érick Moura, em entrevista por telefone ao REPLAY, mostrou-se satisfeito com o resultado.

“É importante pontuar fora de casa. Saímos atrás enfrentando uma equipe muito boa, com jogadores experientes, de primeira divisão, e conseguimos o empate. No primeiro tempo, fomos taticamente muito bem. No segundo tempo, tivemos chances antes do gol deles, mas pecamos nas finalizações. Depois do gol, mexemos no time e fomos para cima. Fiquei feliz com a atuação”.

O comandante só não gostou da arbitragem. “O pênalti foi claro. Um erro desses pode comprometer o trabalho de um ano todo”, bronqueou.

Com a tabela embolada, Érick confia numa boa sequência para garantir vaga nas semifinais. “Vamos buscar a vitória ou pelo menos um ponto contra o Guaxupé, para depois, nos dois jogos seguidos que faremos em casa, conseguir a classificação”.
 
 Veja a Tabela de Classificação:


Fonte: http://www.jornalreplay.net/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: RAISSA MACHADO

Neste quinto e último episódio da série sobre os nossos representantes nos  Jogos de Tóquio 2020 ,  apresentamos um pouco sobre a trajetória do fenômeno  Raissa Machado . Foto: Gui Christ/CPB Incentivada pela mãe, aos 11 anos, começou a fazer ginástica e balé no Centro Municipal de Educação Avançada em Uberaba. A pós um teste na  ADEFU -  Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba, i niciou no paradesporto  e logo se destacou. C onquistando no início da carreira, pódio em diversas modalidades: lançamento de dardo, lançamento de disco e  corrida. Mas foi com o Dardo, que se tornou  referência  mundial. Dona de várias medalhas nas disputas por clube e pela Seleção em competições nacionais e internacionais na classe F56. Em 2014 no Chile, foi medalha de bronze no Sul-Americano. No ano seguinte, conquistou o bronze no Parapan de Toronto, e a prata no Mundial de Atletismo em Doha, no Catar. Aos 20 anos, chegou a tão sonhada Paralimpíada,  na edição Rio 2016 , mas o resultado não foi o qu

COPA TRIÂNGULO REUNIU GRANDES ATLETAS EM UBERABA

  Realizada no  último domingo (29), em Peirópolis, a  Copa Triângulo Mineiro MTB ,  reuniu mais de 400  atletas,  marcando o retorno das grandes competições em Uberaba, suspensas devido a pandemia do Covid-19. Promovida pela RR Eventos, com apoio da Funel, o  evento que é uma das maiores provas de Mountain Bike do Triângulo Mineiro, contou com disputas em percurso completo de 47 km, nas categorias Masculina e Feminina Elite, Júnior, Sub 23 ao Sub 55 e Dupla Maculina. Já no percurso reduzido com 34 km, nas categorias Juvenil, Over 55, Dupla Mista, Turismo Masculino e Feminina e Peso Pesado. Confira a seguir o pódio da categoria elite: - Masculino : 1º - Nicolas Rafhael Machado (Trinx Brasil Racing Team); 2º - Frederico N. Mariano (Sodbike/Lelin Bikes/Vinculo Imoveis); 3º - Pedro Hillo De Almeida Bertallo (Sodbike/Sabia Digital/Aroeira/Phteam/Racer); 4º - Raphael Mesquita Mendes (Jc Bikes); 5º - Jeovane Junior de Oliveira (Ivan Start Ciclobikeshop);     Foto: Reprodução da internet - F