Pular para o conteúdo principal

Consumidor não aprova fechar supermercados aos domingos

Demonstrando descontentamento, leitores do Jornal da Manhã enviaram mensagens a respeito da discussão acerca do fechamento dos supermercados uberabenses aos domingos. A hipótese foi levantada por causa da dificuldade de se montarem escalas de trabalho nas empresas neste dia da semana.

Matusalém Alves, vice-presidente da Associação dos Supermercadistas de Uberaba (Assuper), lembra que a discussão é preliminar e deve se levar muito tempo ainda para que se chegue a um consenso.

Por outro lado, o leitor Eduardo Oliveira Mendes, por meio de e-mail enviado à Redação, entende que tal decisão deve ser tomada de forma individual pelos estabelecimentos. “Quem quiser abrir as portas, que abra”, disse, afirmando que se configura em prática de cartel o ato de se combinar entre si para não haver prejuízo individual, prejudicando a população.

Entretanto, o presidente da Assuper, que já havia reconhecido que tal medida deve gerar impactos no setor, frisa que a intenção de tal decisão seria melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores do setor. Segundo ele, porém, trata-se de uma discussão inicial apenas “ventilou-se” essa possibilidade. “Estamos apenas discutindo o assunto. O consumidor não tem por que se preocupar. Precisamos de muito tempo para chegar a uma posição definitiva, já que a categoria é muito grande. No entanto, caso isso ocorra, será em forma de lei, para que todos cumpram”, disse, referindo-se às grandes redes supermercadistas instaladas na cidade, como o Bretas, hipermercado que funciona no Shopping Uberaba. “No passado recente, os supermercados não trabalhavam aos domingos. Mas ainda é apenas uma discussão. Tudo isso leva tempo e ainda não sabemos se a ideia será aprovada”, finalizou.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ESQUADRÃO UBERABENSE EM TÓQUIO: RAISSA MACHADO

Neste quinto e último episódio da série sobre os nossos representantes nos  Jogos de Tóquio 2020 ,  apresentamos um pouco sobre a trajetória do fenômeno  Raissa Machado . Foto: Gui Christ/CPB Incentivada pela mãe, aos 11 anos, começou a fazer ginástica e balé no Centro Municipal de Educação Avançada em Uberaba. A pós um teste na  ADEFU -  Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba, i niciou no paradesporto  e logo se destacou. C onquistando no início da carreira, pódio em diversas modalidades: lançamento de dardo, lançamento de disco e  corrida. Mas foi com o Dardo, que se tornou  referência  mundial. Dona de várias medalhas nas disputas por clube e pela Seleção em competições nacionais e internacionais na classe F56. Em 2014 no Chile, foi medalha de bronze no Sul-Americano. No ano seguinte, conquistou o bronze no Parapan de Toronto, e a prata no Mundial de Atletismo em Doha, no Catar. Aos 20 anos, chegou a tão sonhada Paralimpíada,  na edição Rio 2016 , mas o resultado não foi o qu

COPA TRIÂNGULO REUNIU GRANDES ATLETAS EM UBERABA

  Realizada no  último domingo (29), em Peirópolis, a  Copa Triângulo Mineiro MTB ,  reuniu mais de 400  atletas,  marcando o retorno das grandes competições em Uberaba, suspensas devido a pandemia do Covid-19. Promovida pela RR Eventos, com apoio da Funel, o  evento que é uma das maiores provas de Mountain Bike do Triângulo Mineiro, contou com disputas em percurso completo de 47 km, nas categorias Masculina e Feminina Elite, Júnior, Sub 23 ao Sub 55 e Dupla Maculina. Já no percurso reduzido com 34 km, nas categorias Juvenil, Over 55, Dupla Mista, Turismo Masculino e Feminina e Peso Pesado. Confira a seguir o pódio da categoria elite: - Masculino : 1º - Nicolas Rafhael Machado (Trinx Brasil Racing Team); 2º - Frederico N. Mariano (Sodbike/Lelin Bikes/Vinculo Imoveis); 3º - Pedro Hillo De Almeida Bertallo (Sodbike/Sabia Digital/Aroeira/Phteam/Racer); 4º - Raphael Mesquita Mendes (Jc Bikes); 5º - Jeovane Junior de Oliveira (Ivan Start Ciclobikeshop);     Foto: Reprodução da internet - F