Pular para o conteúdo principal

Contribuintes protestam contra aumento de até 220% no IPTU

Contribuintes protestam contra o valor cobrado pelo Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos Urbanos (TCRSU) referentes ao ano de 2012. A Prefeitura começou a distribuir os carnês na semana passada, entretanto, vários contribuintes não concordam com o que está sendo cobrado. Em casos apresentados ao Jornal da Manhã foi possível perceber aumento de até 225,7% no valor do imposto em relação ao ano anterior.

A dona de casa Tâmara Alexandre Teixeira ficou surpresa quando recebeu o carnê do IPTU neste último fim de semana. “Antes pagava no máximo R$70 no imposto, entretanto este ano a cobrança foi de R$228, ou seja, mais de 225% mais caro. Vou procurar a Prefeitura e saber o que aconteceu, pois não aumentei a minha casa, desde quando comprei, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, o tamanho é o mesmo, de 38m²”, explica Tâmara, ressaltando que em 2011 chegou a receber o IPTU complementar no fim do ano, alegando que havia ampliado a residência para um total de 98m², porém a PMU percebeu o engano e cancelou a cobrança, mas desta vez a situação se repetiu.

Outro contribuinte, que preferiu não se identificar, conta que recebeu o carnê do IPTU e ficou indignado com o valor, que foi 159,4% superior ao de 2011. “No ano passado paguei R$129, neste, o boleto de cobrança foi R$334,63, sendo R$182,73 de IPTU e R$ 151,90 de TCRSU para 110m² de construção, conforme está descrito no carnê”, afirma o contribuinte.

Segundo nota encaminhada pela assessoria de imprensa da Prefeitura, este ano o imposto não sofreu aumento, mas foi aplicada correção monetária, conforme lei aprovada na Câmara, de 10,70%. O reajuste é referente aos menores índices inflacionários dos dois últimos anos, por isto o aumento no imposto. Além disto, segundo o secretário da Fazenda, Edvar Newton, daqueles contribuintes que fizeram mudanças e aumentaram o tamanho da área construída sem a devida comunicação à Prefeitura, a diferença está sendo tributada agora. Trata-se da atualização cadastral, registrada através do georreferenciamento. Um quarto (1/4) dos imóveis estava em situação irregular. Portanto, o IPTU está sendo emitido com essa atualização.

Além disto, caso o cidadão tenha qualquer dúvida, ou não concorde com o valor cobrado, pode comparecer ao Centro Administrativo e buscar o atendimento exclusivo das 9h às 18h. Vale lembrar ainda que o vencimento da cota única ou primeira parcela tem prazo até o dia 20 de março. Para  pagamento à vista é oferecido desconto de 20%





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MÁRCIO ANDRÉAS

Por: André Montandon
Com 20 anos de carreira, o músico e compositor uberabense Marcio Andréas, lançou em 2016 o seu primeiro trabalho solo "Cada um na sua galáxia". Foi vocalista dos Baltazares, banda de rock bastante conhecida no circuito independente de Minas Gerais. Em seu novo projeto lançado no final de 2019, intitulado de "O Jardim", o músico apresenta um som bastante original, com mais maturidade. As canções passeiam pelo rock, folk e mpb, mas tudo em perfeita sintonia mostrando uma profunda evolução alcançada em todos esses anos de estrada.
Com uma agenda bastante movimentada o músico se apresenta em vários formatos: shows mais intimistas, pocket shows, ou acompanhado de uma banda extremamente competente que vem arrancando elogios por onde passa, sendo considerado uma grande promessa da nova música mineira. Em seu currículo, o músico ostenta apresentações ao lado de grandes nomes do cenário nacional como: Pato Fu, Biquini Cavadão, Tico santa Cruz, Raimundos…

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MARCELO JENECI

Por: André Montandon 
Desembarga em Uberaba nesse sábado (19), um dos grandes nomes da nova música popular brasileira para uma apresentação especial no Laboratório 96. Pela primeira vez na cidade, Marcelo Jeneci, chega com a turnê de lançamento do seu terceiro álbum, Guaia, onde o artista volta as suas origens ao homenagear Guaianases, zona leste de São Paulo, bairro em que nasceu. Além de trazer experimentos musicais que se juntam à famosa sanfona do cantor e compositor, em uma mescla de acústicos, sintéticos e regionais que resgatam a trajetória de Jeneci ao longo de sua formação musical.

Aproveitamos essa ilustre visita, para bater um papo exclusivo com esse grande artista. Confira 😉
- Conte-nos um pouco sobre o seu novo álbum, Guaia, que remete as suas origens, e que contou com grandes participações?

Marcelo Jeneci - Guaia, porque sou de guaianases, da zona leste de São Paulo. Porque eu cresci na escola pública, "Viva os professores!". Tendo uma família em que minha mãe m…