Pular para o conteúdo principal

Trabalhadores dos Correios em Uberaba aderem à greve nacional

Trabalhadores dos Correios decidiram aderir à paralisação que acontece em várias regiões do país por melhoria salarial. A decisão foi tomada durante assembleia geral extraordinária realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos e Similares de Uberaba e Região (Sintect-URA).

Nota assinada pelo presidente do Sintect-URA, Antônio Sérgio Tiveron, comunica à população, nos termos da legislação vigente, que a categoria dos trabalhadores nos Correios deliberou pela paralisação das atividades a partir de amanhã, às 7h.

No último dia 15, o Sindicato, junto com funcionários, realizou manifestação em frente da agência central dos Correios por melhorias salariais. Conforme havia dito anteriormente o diretor do Sintect-URA, Antônio Manoel Mendes, as reivindicações dos funcionários visam a repor as perdas salariais do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

“Nós estamos pedindo um reajuste de 7,16% a partir de 1º de agosto de 2011. E uma correção de 24,76% para compensar perdas salariais de 1994 a 2010. Além disso, nós queremos um aumento real de R$400, linear e sobre o valor já reajustado. Também pedimos um piso salarial para a categoria de R$1.633 a partir de 1º de agosto deste ano.”





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL