Pular para o conteúdo principal

PMU começa a instalar semáforos em mais um cruzamento no Mercês

Na manhã de ontem começou a ser instalado o semáforo no cruzamento da rua Álfen Paixão com a avenida Alexandre Barbosa. No mês de janeiro houve mudanças na região, com a inversão de preferência, e, após muitas reclamações de usuários das duas vias e de vizinhos, a Prefeitura decidiu instalar o semáforo. Ontem foram colocados os postes, mas ainda não há data para o equipamento entrar em funcionamento. 

De acordo com o diretor do Departamento de Operações de Transporte Coletivo, Claudinei Nunes, a instalação do semáforo neste cruzamento atende a estudo da Secretaria de Planejamento, diante do volume de veículos que passa pelo local. “Em função de pesquisas e análises técnicas, naquele local o entendimento foi para a instalação do semáforo”, explica Claudinei. 

O diretor ressalta que a inversão de sentidos feita na rua Álfen Paixão com avenida Alexandre Barbosa também foi por conta do movimento de veículos e do transporte coletivo, sendo que na rua Álfen Paixão, por hora, passam cerca 40 ônibus. “Agora, com o semáforo, vai ordenar mais ainda o trânsito, dando segurança ao transeunte e ao fluxo de veículos. Entretanto, o semáforo ainda não deve estar funcionando nestes dias, pois no projeto ainda é preciso fazer a complementação dos canteiros, implantação de rampas de acessibilidade e faixa de pedestre, com obras físicas no local”, esclarece Claudinei, ressaltando que no projeto criado pela Secretaria de Planejamento deve ter mudanças no trânsito em outros locais.


Nesta cidade a prefeitura só sabe mudar o trânsito e colocar semáforo................é brincadeira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

UMA BREVE HISTÓRIA DE UBERABA

O povoamento da região de Uberaba teve início, no final do século XVIII, com sesmarias concedidas pela Capitania de Goiás, entre elas, a Fazenda das Toldas, ainda existente, concedida a Tristão de Castro Guimarães, e as Fazendas Santo Inácio, Ponte Alta e Bebedouro, concedidas, em 1799, ao Tenente Joaquim da Silva e Oliveira, irmão do Sargento-Mor Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira, todas estas fazendas situadas ao sul da atual Uberaba.

O povoado de Uberaba, foi fundada, em 1809, pelo sargento-mor comandante da Companhia de Ordenanças do Distrito do Julgado do Desemboque da Capitania de Goiás, Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira.
A primeira casa de Uberaba, construída pelo Sargento-Mor Antônio Eustáquio, localizava-se na atual esquina da Praça Rui Barbosa com a Rua Artur Machado, do lado esquerdo de quem desce a rua Artur Machado.

Uberaba surgiu pela migração de familias que deixaram as já esgotadas regiões produtoras de ouro, porém fracas para agricultura, da Capitania d…