Pular para o conteúdo principal

Estudantes pedem mudanças no trânsito próximo à Uniube

Mais de 60 universitários e moradores da região estiveram presentes ontem em manifestação realizada na avenida Nenê Sabino, próximo à Universidade de Uberaba, pedindo mudanças no trânsito daquele local.
Protesto foi organizado pelo Diretório Acadêmico Leopoldino de Oliveira (Dalo), do curso de Direito, e teve início às 17h30. Eles estiveram no trecho em frente dos abrigos de ônibus instalados no passeio do campus, situado na avenida, sentido Uniube-cemitério.

Moradores e alunos, inclusive cadeirantes, estavam com faixas e placas de sinalização de trânsito e alguns deles estavam vestidos de palhaço. A manifestação foi marcada pela imprudência de motoristas que se arriscavam a passar com o veículo furando a passeata. Ônibus quase atropelou uma das pessoas que estavam acompanhando o movimento e motos tentavam passar por ali, cortando caminho por cima dos canteiros centrais da avenida.

O vice-presidente do Dalo, Vitor Oliveira, espera agora que o secretário de Planejamento, Karim Abud Mauad, reconheça a necessidade de mudanças no trânsito daquele local e reveja o que foi dito anteriormente ao Jornal da Manhã, de que a responsabilidade seria da Uniube. “Como uma universidade privada pode se responsabilizar por uma via pública?”, questiona Oliveira.

Para ele, o secretário deve tomar providências para mudar e garantir a segurança no trecho que compreende a rotatória na região, instalando semáforo ou construindo passarela na avenida, já que ela é rota para o cemitério, aeroporto e Parque Fernando Costa e também garantir acessibilidade daqueles que possuem algum tipo de deficiência.




Realmente, e uma vergonha o trânsito de Uberaba, tudo bagunçado nossa senhora, só com protesto para tentar mudar alguma coisa nesta cidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONHEÇA BEN HEINE

Ben Heine. Foto: Reprodução internet Ben Heine  é um talentoso artista belga, que cria surpreendentes desenhos tridimensionais. Depois de finalizar o trabalho, Ben Heine tira fotos de si mesmo interagindo com sua obra e o resultado é surpreendente. Ele descreve a si mesmo como um artista visual multidisciplinar que é inspirado pelas pessoas e pela natureza.  Heine cresceu em Abidjan, Costa do Marfim, onde viveu por sete anos com seus pais e três irmãs antes de volta para Bruxelas em 1990. Ele é conhecido internacionalmente por seus trabalhos muito criativos projetos  “Pencil Vs Camera“  e "Circlism Digital" .   O primeiro, envolve a mistura de desenho e fotografia, a imaginação e a realidade, através da ilusão e do surrealismo. No segundo projeto, Heine geralmente faz retratos de celebridades / ícones culturais com ferramentas digitais usando círculos planos sobre um fundo preto. Cada círculo tem uma única cor e um único tom. Através do uso de softwares gráficos

BATE-PAPO COM JOÃO CARLOS NOGUEIRA

Por: André Montandon João Carlos Paranhos Nogueira  é um dos grandes nomes do esporte uberabense. Seu currículo é inspirador, abrange prêmios de destaque do ano, participações e títulos em importantes competições do país. Fera na natação, no triatlo e na maratona aquática, João começou a praticar esporte bem cedo, aos seis anos de idade.  Nas piscinas, são vários pódios, destaque para os títulos no Circuito Brasil e Circuito Paraolímpico. Em 2011, iniciou no Paratriathlon, também conseguindo bons resultados, como a Copa Brasil de 2018. Em 2014, começou na maratona aquática, com diversos títulos na categoria PCD  e sempre estando entre os melhores também contra nadadores sem deficiência, na categoria master. Medalhas em eventos importantes como no Desafio Aquaman, no Circuito de Maratona Aquática do Estado de São Paulo, na Travessia dos Fortes e o Circuito Rei e Rainha do Mar. No ano passado, mais um feito marcante em sua carreira, foi campeão na 52ª edição da Maratona Aquátic