Pular para o conteúdo principal

RUMO AO TÍTULO!!


Haja coração!! Que jogo meus amigos, que resultado João. Após estar a frente no 1º set, o  uberabense João Menezes, viu o seu adversário, o argentino Facundo Bagnis, virar o game e fechar o set em 6 a 4. Mesmo com a pressão para vencer os dois sets seguintes para manter vivo o sonho de disputar a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, o atleta de 22 anos, seguiu concentrado para virar o jogo (sendo ultimo e decisivo set, de pura emoção) e derrotar nada menos que, o atual campeão, por 2 sets a 1 (4/6, 6/2 e 6/4).

Foto: Reprodução internet
Além de se garantir na decisão do Pan. João conquistou vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Os finalistas das chaves de simples no masculino e no feminino em Lima, garantem a vaga, desde que estejam entre os 300 melhores do ranking mundial de 8 de junho de 2020 (cerca de um mês antes dos Jogos no Japão). 

O título do Jogos Pan-Americanos, será decidido amanhã, a partir das 19h, contra o chileno Tomás Barrios.

Em seu melhor momento na carreira. João é o atual nº 2 do país e 212º do ranking mundial. Na temporada, já conquistou 1 titulo e dois vice campeonato do Challenger (um dos principais circuito na categoria). E no Pan, a vitória nas quartas de final sobre o chileno Nicolas Jarry - 55º do mundo,  e nessa semifinal, contra Facundo Bagnis - medalha de Ouro do Pan de Toronto 2015. 

A última vez que um brasileiro foi campeão dos Jogos Pan-Americanos em simples foi em 2007, no Rio de Janeiro, com Flávio Saretta. Se ganhar o ouro, João Menezes será o sexto brasileiro a conseguir esse feito. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - INSURGÊNCIA SERTANEJA

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Formada por Jéssica Carvalho (violão e voz), João Chiaratti (percussão, viola e voz), Karine Rodrigues (violino e voz), Maycol Mundoca (alfaia e voz) e Pedro Calota (percussão, violão e voz), a Insurgência Sertaneja é uma banda de música autoral uberabense, que trabalha os diversos ritmos melódicos e poéticos do sertão. Em uma mistura de música e poesia, a banda faz releituras de ritmos essencialmente brasileiros, fazendo uma viagem aos sertões através de ritmos como o baião, o carimbó, o congado, a moda de viola e o cordel em busca de desmistificar o sertanejo. 
Mesmo com pouco tempo de carreira, a Insurgência Sertaneja já levou a sua arte para diversas cidades do país, em festivais e eventos, dividindo palco com grandes nomes da musica brasileira.  Além do lançamento do álbum de estreia, "Meu sotaque, minha sina", em 2017.  Agora, o "bando" (como eles mesmos denominam),  prepara um super show cheio de novidades, no dia 18 …

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL