Pular para o conteúdo principal

Jordan de Freitas define o grupo que viaja para Montes Claros

Na tarde de ontem, o Nacional treinou pela última vez antes da partida do próximo domingo, fora de casa, contra o Montes Claros, válida pela terceira rodada de Campeonato Mineiro Módulo II. Diferentemente do que era esperado, o técnico Jordan de Freitas não fez um coletivo, mas apenas um treino reduzido para poupar os atletas.
 
Segundo o treinador, os jogadores estão cansados.  “A gente ainda está em dia de recuperação para os atletas que jogaram na quarta-feira e não dá para fazer um coletivo com a intensidade que eu gostaria. Assim, eu prefiro trabalhar a parte tática e fazer um treino mais intenso com os atletas que não jogaram porque eles também têm que estar sempre prontos”, afirmou Jordan. 
 
O técnico falou sobre o que espera do time neste domingo. “Nós temos sempre que trabalhar com o atleta que está querendo e tem ambição de chegar a algum lugar. Esse é o espírito que eu gosto e espero que a equipe esteja recuperada para que domingo a gente possa enfrentar o Montes Claros”, ressaltou Jordan.
 
O comandante do alvinegro não confirmou, mas deve repetir o time que começou a partida contra o Mamoré com Fernando Pompéu, Peterson, Levi, Wallacy Santos e Éder; Arthur, Luiz Antônio, Lineker e Rafinha; Pedro Paulo e Saulo. Para o banco, foram relacionados o goleiro Fernando Carioca, o zagueiro Cacildo, o lateral Dieguinho. Para o meio, Jordan terá à disposição Brayan, Delsinho e Giácomo, e no ataque Kaká, Gean Larri e Obina.
 
O técnico comentou o fato do atacante Chitão não ter sido relacionado pela segunda vez consecutiva. “Não gosto de falar que é castigo. O Chitão teve a sua oportunidade desde o ano passado. Ele é um jogador que tem um potencial muito grande, mas agora eu tenho que observar outros jogadores e ele vai ter que esperar o momento dele, e quando a oportunidade aparecer novamente ele tem que agarrar com unhas e dentes”, declarou Jordan de Freitas.
 
Os 20 atletas relacionados viajam sábado para Montes Claros, onde enfrentam o MOC hoje, às 17h, no estádio José Maria Melo.
 
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ELEIÇÕES 2020: COMO ESCOLHER O MEU CANDIDATO?

As eleições estão chegando!!! É hora de escolher os nossos representantes municipais. Neste momento importante nas nossas vidas é fundamental pesquisar e conhecer melhor quem está concorrendo aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador em nossa cidade.  Para escolher seu representante, é de suma importância identificar os valores relevantes para você e o que você deseja que o político defenda. Vale lembrar que o bem comum é tão importante quanto os seus próprios interesses.  Apresentamos a seguir, algumas ferramentas gratuitas disponíveis na rede para te ajudar a escolher os seus candidatos: ➤ Justiça Eleitoral – www.justicaeleitoral.jus.br   ( Apresenta dados detalhados sobre todos os candidatos que pediram registro à Justiça Eleitoral, suas propostas de governo,  patrimônio declarado,  site do candidato, entre outras  informações) ; ➤ Tem meu voto -  www.temmeuvoto.org    (C onsiderada uma espécie de “Tinder das eleições”, a plataforma a juda o eleitor a escolher candidatos most

BLACK PANTERA ANUNCIA EP EM COMEMORAÇÃO AO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Sempre envolvidos com o movimento negro, os integrantes da   Black Pantera aproveitaram uma pausa nas gravações do novo álbum para lançar o EP “Capítulo Negro” , em comemoração ao Dia da Consciência Negra . Eles escolheram três músicas com discurso forte sobre empoderamento e fizeram novas versões; “Identidade” (Jorge Aragão), “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro” (Alexandre Meneses/ Marcelo Lobato/ Marcelo Yuka/ Nelson Meirelles), sucesso do álbum de estreia d'O Rappa e “A Carne” (Marcelo Yuka/ Seu Jorge/ Ulisses Cappelletti), conhecida na voz de Elza Soares. Banda faz releituras para clássicos de Elza Soares, O Rappa e Jorge Aragão. Foto: Divulgação Como as músicas estão ligadas pelo mesmo tema, racismo e luta contra o preconceito, o power trio  uberabense também produziu um curta de 12 minutos dirigido por Leonardo Ramalho da Pajé Filmes, que já fez anteriormente os clipes de “Punk Rock Nigga Roll” e “I Can’t Breathe”, lançado como um protesto inflamado pelo assassinat