Pular para o conteúdo principal

Jordan de Freitas define o grupo que viaja para Montes Claros

Na tarde de ontem, o Nacional treinou pela última vez antes da partida do próximo domingo, fora de casa, contra o Montes Claros, válida pela terceira rodada de Campeonato Mineiro Módulo II. Diferentemente do que era esperado, o técnico Jordan de Freitas não fez um coletivo, mas apenas um treino reduzido para poupar os atletas.
 
Segundo o treinador, os jogadores estão cansados.  “A gente ainda está em dia de recuperação para os atletas que jogaram na quarta-feira e não dá para fazer um coletivo com a intensidade que eu gostaria. Assim, eu prefiro trabalhar a parte tática e fazer um treino mais intenso com os atletas que não jogaram porque eles também têm que estar sempre prontos”, afirmou Jordan. 
 
O técnico falou sobre o que espera do time neste domingo. “Nós temos sempre que trabalhar com o atleta que está querendo e tem ambição de chegar a algum lugar. Esse é o espírito que eu gosto e espero que a equipe esteja recuperada para que domingo a gente possa enfrentar o Montes Claros”, ressaltou Jordan.
 
O comandante do alvinegro não confirmou, mas deve repetir o time que começou a partida contra o Mamoré com Fernando Pompéu, Peterson, Levi, Wallacy Santos e Éder; Arthur, Luiz Antônio, Lineker e Rafinha; Pedro Paulo e Saulo. Para o banco, foram relacionados o goleiro Fernando Carioca, o zagueiro Cacildo, o lateral Dieguinho. Para o meio, Jordan terá à disposição Brayan, Delsinho e Giácomo, e no ataque Kaká, Gean Larri e Obina.
 
O técnico comentou o fato do atacante Chitão não ter sido relacionado pela segunda vez consecutiva. “Não gosto de falar que é castigo. O Chitão teve a sua oportunidade desde o ano passado. Ele é um jogador que tem um potencial muito grande, mas agora eu tenho que observar outros jogadores e ele vai ter que esperar o momento dele, e quando a oportunidade aparecer novamente ele tem que agarrar com unhas e dentes”, declarou Jordan de Freitas.
 
Os 20 atletas relacionados viajam sábado para Montes Claros, onde enfrentam o MOC hoje, às 17h, no estádio José Maria Melo.
 
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEXTA DO TEATRO APRESENTA FESTIVAL DE ESQUETES ONLINE

  O coletivo  Sexta do Teatro promove  Festival de Esquetes Online , com a participação dos sete grupos integrantes do coletivo: Circolando Iniciativas Artísticas, Grupo Todo Um de Teatro, Cor de Yabá, Trupe Doom, Clownqueruma Cia, Grupo Tramoya de Teatro e AnaArty.  Cada grupo apresentará uma esquete teatral com a temática “distanciamento social” com duração entre 7 a 15 minutos. Os episódios serão lançados diariamente pelo Instagram. Todos os vídeos contarão com uma versão com intérprete de Libras e audiodescrição. Será promovida também uma live, com o grupo responsável pela esquete do dia, para um bate-papo com o público.  O projeto é idealizado e produzido por Luana Rodrigues e conta com uma equipe de multiprofissionais da cidade, além dos 7 grupos participantes.  Esse projeto foi aprovado na Lei Aldir Blanc, edital 003 da cidade de Uberaba.  Mais informações acesse  www.instagram.com/sextadoteatro.uberaba/ PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL: 16/04/2021 - "As Luzes do Palhaço” – Circola

LAB 96 APRESENTA PROJETO CASA DE SHOWS

Entre os dias 16 e 24 de abril, o Laboratório 96 , apresenta em seu canal no Youtube , o projeto Casa de Shows,   viabilizado através da Lei de Emergência Cultural, Aldir Blanc. Foram selecionados cinco atrações dos mais diversos gêneros musicais, em sua maioria mulheres. A equipe conta com o coletivo audiovisual Moviola, também formado por mulheres com o objetivo de fortalecer cada vez mais o espaço das mulheres que atuam no mercado da música. A estreia do projeto fica por conta de Salma e Mac, casal fundador do Carne Doce, uma das principais bandas da cena independente brasileira, que apresentará nesta sexta-feira às 20 horas, um show em formato acústico e intimista, com as canções mais sensíveis da banda, além de composições inédita diretamente da sala da casa deles em Goiânia. O Laboratório 96 é um espaço cultural dedicado à música independente brasileira, e em seus cinco anos de história promoveu mais de 200 shows de artistas locais e do mundo. Mais informações com Letícia Rezende