Pular para o conteúdo principal

Elefante segue sem vitórias no Mineiro

Desde o começo, o Nacional sabia que a batalha, no Norte de Minas, não seria fácil. Embalado, o Montes Claros F.C., líder da Chave B, chegou à terceira vitória, enquanto o time alvinegro sofreu a segunda derrota no Módulo II do Campeonato Mineiro.

Os gols de Vinícius, Rafael Bill e Peu fizeram justiça à superioridade do Montes Claros e à mais uma fraca atuação do Elefante, que resultou na derrota por 3 x 0.

O clube tricolor tem 100% de aproveitamento e nove pontos. O Nacional é o lanterna, com apenas 1 ponto.

Na 4ª rodada, o Naça recebe o Araxá, quarta-feira (12), às 20h, no Uberabão.
 
A crônica do jogo
Quando a bola rolou, o Nacional tentou colocar o time para cima do adversário. Pedro Paulo ameaçou, mas a zaga do Montes Claros tirou. No escanteio cobrado por Lineker, Arthur cabeceou e, novamente, a defesa do Bicho desviou.

Foi aí que Fernando Pompeu apareceu e fez a diferença no primeiro tempo. Em quatro ataques, liderados por Rômulo, Vinícius e Rafael Filipe, o arqueiro evitou que os donos da casa saíssem à frente no marcador.

Enquanto o Montes Claros garantia a posse de bola, o Naça tinha poucas oportunidades nas bolas paradas. Lineker sofreu falta próximo à grande área e cobrou rente à trave do goleiro Thiago. Em outra falta, Lineker desperdiçou a cobrança.

Luiz Antônio trabalhou bola pelo meio, mas sofreu falta de Vinícius. Logo depois, o atacante se redimiu. No escanteio de Fayllon, a zaga parou e viu Vinícius desviar de cabeça para o fundo das redes, abrindo o placar para os mandantes.

No retorno do intervalo, Jordan de Freitas, técnico do Nacional, sacou Saulo para a entrada de Delsinho.

O Elefante chegou com perigo quando Arthur tentou armar a jogada e foi derrubado por Rafael Filipe.

Com quatro amarelados, o time alvinegro ficou em desvantagem também no gramado. Aos 9 minutos, Éder foi expulso pela falta cometida em Fayllon.
 
Didi, técnico do Montes Claros, tirou o também amarelado Rafael Filipe e colocou o meia, Peu, em campo. Com um a mais, o Bicho aproveitou para ampliar. Rafael Bill carregou, deixou o marcador para trás e tocou no canto esquerdo do goleiro Fernando.

Jordan de Freitas apostou nas substituições para diminuir a vantagem do MOC. Pedro Paulo saiu para a entrada de Obina e Luiz Antônio deixou o gramado para dar lugar ao meia Giácomo.

A pequena torcida do time local, presente no estádio José Maria Melo, gritava olé, enquanto a equipe alvinegra não encontrava forças para reagir. Peterson lançou Giácomo, mas Anderson evitou a continuação da jogada.

Cobrança de escanteio para o Montes Claros, Fernando Pompéu viu a bola sair devagar pela linha de fundo. Léo Baiano ainda chutou forte. A bola tocou o travessão e saiu. Por fim, Índio partiu sozinho, pela direita, e achou Peu na área, que chutou para definir o placar.

Time - O Naça atuou com: Fernando Pompéu; Peterson, Levi, Wallacy, Éder; Arthur, Luiz Antônio (Giacómo), Lineker, Rafinha; Saulo (Delsinho) e Pedro Paulo (Obina). Técnico: Jordan de Freitas
 
Veja a Tabela Atualizada do Campeonato Mineiro Modulo II
 
 

 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MANÉ GALINHA

  Por: André Montandon Em uma mistura perfeita de ritmos baseada na herança afro ao redor do mundo, que une pop, axé, funk, samba, rock, disco, soul, R&B e groove, o  Mané Galinha (nome em referência ao famoso personagem do filme Cidade de Deus), criou um estilo próprio e um repertório vasto, com a identidade e diversidade exata, proporcionando ao público um clima envolvente de festa, alegria e celebração. Além das canções, hits e clássicos da cultura Black Music. A versatilidade também é uma marca do grupo. Que desenvolveu diversos formatos para atender a todos os gostos e os mais diversos eventos. Em comemoração aos 4 anos de estrada, estão lançando nesta sexta-feira (19), o seu primeiro EP - intitulado de "Pra Elas". Aproveitando esse momento especial da banda, batemos um papo com eles para saber um pouco mais da trajetória, do EP e das novidades. Confira 😉 - Para iniciar, vamos falar sobre a trajetória do grupo. Sua formação, principais referências músicas, como tud

DA SÉRIE: A ARTE EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS (PARTE VIII) 🎨😅

  🖼Obra original: "Mona Lisa" de Leonardo da Vinci. #arteemtemposdecoronavírus #arte #monalisa #prevenção #vaipracasa #ficaemcasa #covid19 #xocoronavirus #isolamentosocial #quarentena #juntossomosmaisfortes #zebunarede