Pular para o conteúdo principal

Uberaba volta a registrar índice positivo na geração de emprego

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados terça-feira (18), pelo terceiro mês consecutivo o setor de serviços foi o que mais gerou emprego em todo o país. Depois de quatro meses, Uberaba voltou a registrar saldo positivo no índice de empregabilidade. No mês de setembro houve desempenho positivo em sete dos oito setores de atividades. A criação de novas frentes de trabalho no Brasil ficou em 209.078 contratações. 

Uberaba seguiu a mesma tendência nacional. Depois de quatro meses, a cidade apresenta saldo positivo em contratações. Foram mantidas 209 novas vagas de trabalho. Isso possibilitou a variação positiva no índice de empregabilidade de 0,29%. De janeiro a setembro, o mês de junho registrou o saldo mais baixo: -0,31%.
Abaixo do setor agropecuário, o setor de serviços ocupa a segunda posição de maior contratação. O bom momento do campo está associado ao ano agrícola, que abre várias frentes de trabalho nesta época do ano. Foram abertas 365 vagas. As demissões ficaram em 217, resultando no saldo de 148. Em terceira posição está o comércio com 1.318 contrações e 1.179 desligamentos (saldo de 139).

Das oito categorias, apenas a construção civil registrou saldo negativo na geração de empregos. Em setembro, o setor apresentou 674 contratações e 827 desligamentos. As demissões no setor estão relacionadas às finalizações das construções realizadas na cidade, principalmente do projeto do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida”.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BATE-PAPO COM O TENISTA JOÃO MENEZES

Por: André Montandon


Com apenas 22 anos, João Menezes já é um dos principais nomes do tênis brasileiro. Vivendo o seu melhor momento na carreira, o uberabense ocupa atualmente a 210º posição no ranking mundial da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), sendo o terceiro melhor brasileiro. Apaixonado pelo esporte, o atleta contou com a influência e o apoio da família no desenvolvimento no tênis. Agora com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos, busca alcançar grandes títulos e chegar forte nas Olimpíadas de Tokio 2020.
Mas nem sempre foi assim. João passou por momentos difíceis nessa trajetória, pensando até em abandonar o esporte devido a resultados que não vinham e principalmente, pelas três cirurgias no joelho esquerdo e uma lesão na coluna. Mas, pelo apoio do pai, seu grande incentivador, ele retomou os treinamentos em busca dos seus sonhos. 
Confira o nosso bate-papo com esse grande atleta uberabense:
- João, quando começou o seu interesse pelo tênis; os primeir…

UMA BREVE HISTÓRIA DE UBERABA

O povoamento da região de Uberaba teve início, no final do século XVIII, com sesmarias concedidas pela Capitania de Goiás, entre elas, a Fazenda das Toldas, ainda existente, concedida a Tristão de Castro Guimarães, e as Fazendas Santo Inácio, Ponte Alta e Bebedouro, concedidas, em 1799, ao Tenente Joaquim da Silva e Oliveira, irmão do Sargento-Mor Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira, todas estas fazendas situadas ao sul da atual Uberaba.

O povoado de Uberaba, foi fundada, em 1809, pelo sargento-mor comandante da Companhia de Ordenanças do Distrito do Julgado do Desemboque da Capitania de Goiás, Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira.
A primeira casa de Uberaba, construída pelo Sargento-Mor Antônio Eustáquio, localizava-se na atual esquina da Praça Rui Barbosa com a Rua Artur Machado, do lado esquerdo de quem desce a rua Artur Machado.

Uberaba surgiu pela migração de familias que deixaram as já esgotadas regiões produtoras de ouro, porém fracas para agricultura, da Capitania d…