Pular para o conteúdo principal

Câmara aprova o fim dos celulares e walkman nas escolas municipais

Câmara aprovou ontem por 13 votos o Projeto de Lei 179/11, que proíbe a utilização de aparelhos eletrônicos portáteis nas escolas públicas municipais. Ante a possibilidade de estender a medida para as instituições de ensino privada, os vereadores optaram por não pedir a dispensa de interstícios e com isso votá-lo em dois turnos. Até sua volta ao plenário – o que deve acontecer em dez dias corridos, ou antes, se assim a Casa entender –, o vereador Tony Carlos (PMDB) se comprometeu em elaborar uma emenda visando a essa inclusão. O peemedebista, aliás, garante que o município pode legislar sobre o segmento.

O PL em questão proíbe o uso de celulares, walkman, diskman, players musicais e câmeras digitais, entre outros equipamentos, nas salas de aula e demais espaços destinados ao ensino-aprendizagem. Texto similar foi apresentado e aprovado em plenário, no ano passado, pelos vereadores Samuel Pereira (PR) e professor Godoy (PTB), mas acabou sendo vetado pelo Executivo por considerá-lo inconstitucional. No entanto, dada a sua natureza, houve um entendimento entre a Prefeitura, o republicano e o petebista para que a matéria voltasse à Casa, o que aconteceu ontem. Os dois participaram da elaboração do PL e ontem comemoraram sua aprovação.

A diretora do Departamento Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Nilza Consuelo Alves Pinheiro – que foi ao plenário acompanhar a votação –, observa que as tecnologias digitais são uma realidade irreversível e a partir daí as escolas têm que se adequar e saber recebê-las como um recurso pedagógico. “Mais do que proibir, temos que regulamentar, instituir em lei para que seja cumprida de fato”, acrescenta a educadora, que chama os pais para que sejam parceiros das instituições de ensino.

Para o presidente do Sindicato dos Educadores do Município (Sindemu), Adislau Leite, a matéria é um avanço significativo. Ele diz esperar que a lei possa vir a alcançar as escolas particulares. “Não são só os trabalhadores das redes públicas que sofrem com o uso desses equipamentos. Para nós, da educação, é um passo importantíssimo, porque já não é mais segredo para ninguém que celular perturba a aula, desconcentra o professor”, afirma o dirigente sindical, que também foi à Câmara ontem.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - TUYO

Por: André Montandon Um dos principais nomes da música independente da atualidade, retornou à Uberaba no dia 15 de abril, a convite do Laboratório 96, para um show super especial em comemoração ao 6 anos deste importante espaço cultural, no Teatro Sesi Minas. Mesmo em meio a "turbulência" provocada pela pandemia da Covid-19, Jean Machado e as irmãs Lilian (Lio) e Layane Soares (Lay) , apresentaram ao público em 2021, o seu terceiro álbum  - "Chegamos Sozinhos em Casa", que foi recebido com muito carinho pelos fãs e pela crítica especializada. O reconhecimento deste novo trabalho foi confirmado com indicações ao Prêmio Multishow na categoria “Canção do Ano” com a música “Sonho da Lay” e ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa". Única banda brasileira a integrar o show de abertura do Festival South by Southwest 2022 (SXSW), realizado em março, a Tuyo agora apresenta um novo registro de sua ida a Austin, no Texa

CONQUISTAS UBERABENSES NA PETECA, KARATÊ E HANDEBOL

  Neste sábado (04), o grande  Reginaldo Damião  sagrou-se campeão na categoria Kumite - classe Master (41 a 50 anos) 75 kg+, da etapa final do Campeonato Mineiro de Karatê , realizado em Araguari/MG. Um título de superação do atleta, após passar por uma grave lesão no braço. Com a conquista da medalha de ouro, Damião classificou-se para o Campeonato Brasileiro que será realizado em dezembro, em Caucaia/CE.  Foto:  facebook.com/reginaldodamiao Já no domingo (05) em Rio Verde/GO, a fera  Douglas Silva conquistou ao lado Delgado e Rafael, a categoria adulto (1ª classe) da  Copa do Brasil de Peteca , superando por 2 sets a 0 (25/22, 25/16) a jovem dupla Fernandinho e Luan. Em seguida, foi a vez de seu pai José Adolfo  que baixo de categoria (atleta 60+), garantir ao lado de Ricardo Moído e Adalto, o título da categoria 50+.  Pódio  da categoria adulto (1ª classe) à esquerda. Douglas e seu pai José Adolfo à direita.  Foto:  facebook.com/douglassilva Ainda no domingo, Uberaba foi palco da L