Pular para o conteúdo principal

Escândalo no Ministério da Agricultura, atinge uberabense

O governo federal está passando por diversos escândalos em Ministerios diferentes, e esse em especial, cita o uberabense Ricardo Saud, diretor da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo da pasta. O presidente do PP é colocado pelo jornal Correio Braziliense como sócio da empresa Ourofino Agronegócios - sediada em Ribeirão Preto, com filial em Uberaba -, acusada de ter sido beneficiada com patentes para a produção de vacina contra febre aftosa pelo Mapa. Além disso, jato avaliado em US$7 milhões, de propriedade da empresa, estaria sendo utilizado pelo ministro Wagner Rossi e o filho dele, deputado Baleia Rossi, para viagens particulares.

A reportagem confirma o nome de Ricardo Saud como sócio da Ethika Suplementos e Bem Estar - subsidiária do Grupo Ourofino. A certidão da fundação da empresa está registrada na Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg). A ficha societária, datada do dia 10 de fevereiro de 2009, atribui 15% da empresa ao assessor especial de Wagner Rossi.

Em setembro de 2007, enquanto titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Saud interveio em relação à doação de terreno para a empresa instalar a unidade industrial de Uberaba. Na época, a Ourofino obteve ainda 10 anos de isenção de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Todos os trâmites foram aprovados pela Câmara Municipal de Uberaba.

No Mapa, ele tomou posse no início do ano e desde então é responsável por elaborar políticas e liberar recursos para cooperativas agrícolas.



Foto: cooperativismo.org.br


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - O TEATRO MÁGICO

  Por: André Montandon "Senhoras e senhores, respeitável público pagão",  um dos projetos artísticos mais fascinantes do nosso país,   O Teatro Mágico , retorna aos palcos da vida para apresentar o seu mais recente trabalho,  " Luzente" . Álbum esse que rompe uma pausa de 5 anos e inaugura uma "Nova Era" para OTM, com uma sonoridade mais pop, moderna e dançante. Sendo o sétimo registro em estúdio do grupo, composta por  11 faixas,  gravadas no Rootsans Studios em São Paulo, com produção de Fernando Anitelli e Daniel Santiago. Contando ainda com o respeitado  engenheiro de som Rodrigo ‘Roots” Sanches,  ganhador de dois Grammys Latino, que cuidou da mixagem e masterização .  Além das participações especiais de Gustavo Anitelli, da  cantora Nô Stopa e do rapper Renan Inquérito. Nossa querida Uberaba não poderia ficar de fora da  rota dessa novo espetáculo, sendo contemplada com mais um show intimista de " Fernando Anitelli apresenta O Teatro Mágico Voz e

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - SKANK

  Por: André Montandon Após mais de 30 anos de estrada arrastando uma legião de fãs  pelos quatro cantos do país e sendo a trilha sonora da vida dos brasileiros, o Skank , resolveu dar uma pausa nessa fantástica história, pelo desejo individual dos integrantes de experimentar novos caminhos – musicais e pessoais.  Mas não antes de realizar um último ato intitulado a  “Turnê da Despedida” .  O desafio é encaixar em um mesmo roteiro tudo o que  Samuel Rosa (guitarra e voz), Lelo Zanetti (baixo), Henrique Portugal (teclados) e Haroldo Ferretti (bateria)  já deixaram gravado no coração do público desde o comecinho dos anos 90. Nessa jornada, foram nove álbuns de estúdio que somam mais de 5 milhões de exemplares vendidos, três ao vivo, e uma coleção de sucessos que não encontra paralelo nas últimas três décadas no país. Fora cerca de 40 hit singles, 29 deles entre as 100 canções mais tocadas do ano em todo Brasil, 25 em trilhas de novelas, dois mega-hits que marcaram fases distintas e i