Pular para o conteúdo principal

DOCE VENENO


Um adolescente detido com posse de drogas em Kerala, na Índia, chocou os policiais ao contar que era viciado em veneno de cobra. Ele contou que levava picadas regularmente para ficar "alto", segundo o jornal "The Hindu".

Mahinshah, de 19 anos, disse que recorreria ao veneno, quando a maconha não surtia efeito desejado. Contou ainda, que pagava entre 1 mil rupias (R$ 37) a 2,5 mil rupias (R$ 93) por picada.

O jovem revelou à polícia que levava picadas de uma pequena cobra mantida em um recipiente fechado. Segundo ele, a cobra mordia quando era suavemente pressionada, e o veneno produzia efeitos que duravam de cinco a seis dias.

As autoridades policiais disseram que o proprietário da cobra foi identificado e deve ser preso em breve. 

Foto: Reprodução internet

Cada um é cada um.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - CARNE DOCE

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Fundada em Goiânia por Salma Jô e Macloys (Mac) em 2013, o Carne Doce é uma das mais importantes bandas do indie brasileiro. A ótima avaliação do primeiro disco autointitulado, que ocupou várias listas em 2014, foi ampliada em "Princesa", um dos mais elogiados lançamentos brasileiros de 2016.

Com apoio da Natura Musical, a banda formada por Salma Jô (voz), Macloys Aquino e João Victor Santana (guitarra), Anderson Maia (baixo) e Ricardo Machado (bateria). acabam de lançar seu terceiro disco, “Tônus”. E nós teremos a oportunidade de conferir esse novo trabalho, no dia 15 de setembro, no Laboratório 96.

Aproveitamos essa visita para bater um papo com o guitarrista Mac. Confira:

Como começou a ser desenhado o álbum Tônus e como foi o seu processo de produção?
Mac - O disco começou a ser concebido no final de 2017 pela necessidade de sucedermos o "Princesa", que ainda é um disco que caminha, ainda é "descoberto", mas que j…